Renner recebe descarte de roupas, embalagens e frascos

Roupas não devem ser descartadas em lixões – isso é batido na tecla por aqui há tempos, já foi parte da discussão do meu podcast sobre Consumo Consciente, mas sempre é uma dificuldade orientar onde então podemos levar aquelas roupas que não queremos mais, que não servem para doação ou até mesmo quando não sabemos como proceder: se doamos, se aproveitamos de alguma maneira, etc.

Eu contei nesse post sobre o projeto de reciclagem têxtil da C&A, e agora trago a notícia que a Renner também tem o seu serviço de logística reversa que já existe em todas as lojas do país para embalagens e frascos de perfumaria e beleza e em outras 15 para roupas – e não, as roupas e os frascos não precisam necessariamente terem sido comprados na Renner. Agora, essa função está sendo ampliada e clientes de outras 50 lojas no Brasil também poderão aproveitar o serviço de logística reversa de roupas – texto que retirei do site.

Ainda de acordo com essa aba sobre a logística, no site também explica como funciona, o que eles fazem com as peças. Na parte da triagem eu fiquei bolada com a parte que eles levam para aterros – mandei mensagem pra eles sobre o assunto e, se eu for respondida, atualizo o post.

Layer30

Como funciona:
Algumas lojas possuem coletores EcoEstilo. Levando suas peças sem utilidade até eles, a Renner se encarrega de enviá-las para reciclagem ou reutilização, a fim de que tenham sua vida útil prolongada. O conteúdo deixado na loja é coletado e encaminhado para o nosso parceiro que faz uma triagem inicial, separando as peças que serão enviadas para reciclagem daquelas que irão para reutilização.

O projeto prevê o recebimento de roupas em desuso, compradas na Renner ou não, que podem ter três destinos de acordo com a condição da peça: • NOVO USO: roupas que serão doadas a organizações sociais. Para cada peça entregue, a Renner doa outra em contrapartida. • NOVO PRODUTO: roupas que serão transformadas em novas peças ou produtos, no conceito de upcycling, por grupos compostos de mulheres capacitadas com o apoio do Instituto Lojas Renner. • NOVA UTILIDADE: roupas que serão transformadas em fios (desfibração) para serem utilizadas novamente na produção de novos tecidos. Upcycling é o processo de transformar resíduos ou produtos fora de uso e descartados em novos materiais ou produtos de maior valor, uso ou qualidade.

Triagem

A triagem acontece por etapas e separa as roupas em diferentes categorias :
1. Roupas contaminadas, que não poderão participar do processo de logística reversa e serão destinada a aterros;
2. Tipo de material, que determina se a peça vai para upcycling/doação ou reciclagem;
3. Peças para reciclagem, onde os aviamentos são retirados e as peças são organizadas por cor, para voltarem a ser novos fios.

Reciclagem

Na reciclagem, as peças são desfibradas e essas fibras podem virar um novo fio. Dependendo da tecnologia utilizada na fiação, o fio poderá ser usado na confecção de tecidos para novas roupas ou ser utilizado para artesanato, como crochê e tricô. Além disso, essas fibras também podem ser usadas para diversas utilidades: enchimento de almofadas ou de bonecos, fazer cobertores e até como preenchimento de forro de carros na indústria automotiva, beneficiando vários setores da economia.

Reutilização

Na reutilização, as roupas podem ser encaminhadas para upcycling e transformadas em novos produtos, sem precisar passar pelo processo de reciclagem. Ou então podem ser doadas para organizações sociais.

Aqui tem a lista das lojas que contam com esse serviço.

E, para minha alegria, a COMAS, marca de upcycling que eu já falei aqui sobre, e da qual eu sou fã, participou de um desses projetos de reuso e transformação das roupas doadas pelo Instituo Renner. Essa turma fez parte do Projeto Empreendedoras da Moda de Florianópolis, onde Augustina Comas explicou sobre o processo de recuperar essas roupas, criado com o objetivo de gerar conhecimento e desenvolvimento desse grupo. 🙂

A realização foi do Instituto Lojas Renner, com método da COMAS são paulo e Aliança Empreendedora e apoio da GIOS/ Trama Ética

comas-renner2
Galera em Floripa botando a mão na massa
comas-renner
Augustina explicando sobre o método de upcycling
Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

1 comentário

  1. Daniela Gomes comentou:

    Achei sensacional isso, como vi no texto q a loja da avenida paulista recebe na próxima vez q eu for lá vou levar uma coisas e ver se recebe mesmo e se tem uma boa contribuição por parte de outras pessoas