Achados conscientes e dicas

Há um tempo eu não posto mais os achadinhos justamente porque estou matutando como configurar essas postagens de uma maneira que nos deixem (sim, me incluo, porque faço parte desse processo) menos afoita por novidades, que não estimule tanto aquelas compras impulsivas que lotam o armário pra aproveitar porque está ~baratinho.

De alguma maneira acredito que essa mudança de pensamento pra quem acompanha o blog também chegou. Prova disso foram esses emails que recebi de compras mais pensadas, com suas comprinhas feitas de forma desejada, aguardada e planejadas. Achados feitos pensando inclusive em questões como sair do quadrado de gêneros e vasculhar feliz araras masculinas.

Mas antes dos achados das leitoras, vou mostrar algumas dicas enviadas por vocês pelo instagram e twitter @hojevouassimoff!

A Dani registrou essas belezinhas de tênis estilo creeper na Marisa pra mim, tentei até arrematar o branco com cupom de 20% de desconto no site, mas só dava erro e resolvi encarar isso como um sinal para não comprar. =P

achados-leitoras-4

A Renner também está com sua versão de oxford plataforma, algumas leitoras comentaram que era desconfortável, outras me mandaram foto da versão em rosa claro dizendo que era confortável…eu só sei que não morri de amores, mas fica a dica!

Além dessas, vieram me avisar que a coleção do Herchcovitch para C&A está toda remarcada no site e lojas, com calças, blusas e saias a R$39,99, 49,99 e 99,99! Eu gostei muito do caimento da pantalona.

Captura de Tela 2016-07-18 às 14.07.00

A Monica mandou seus achados sob o título paciência e perseverança – e é bem isso para encontrarmos algo de qualidade que caiba no bolso!

“Oi Aninha, tudo bem?
Seguindo seu nobre conselho de  garimpar, esperar descontos e ver araras de promoção nas lojas, vou te contar uma historinha…
Estou namorando há uns 4 meses essa camisa da Richards que custava 279 dindin… Sem chance! Até que num fim de semana, vejo os cartazes de promoção na vitrine, e lá está ela: a última, exatamente do meu tamanho, puro linho, por 124 dindim!!❤️❤️❤️❤️. Levei na hora!! Bjao, espero que goste do achadinho!”

achados-leitoras

achados-leitoras-2

A Roberta estava em busca de, simplesmente, uma calça reta, sem muitos detalhes, básica, mas parece missão impossível encontrar uma. Eu adorei as reflexões do seu email e da solução para encontrar a calça que ela queria!

“Oi Ana!

Acabei emagrecendo bastante – 7 Kg nos últimos 6 meses – por necessidade; tive um problema nos pés, e quilos a mais trabalhando em pé poderiam agravar o problema ao ponto de não poder mais trabalhar.

Com a mudança de peso tive que comprar novas calças e aí surgiu meu problema. No comércio simplesmente não encontrei nenhuma calça jeans com cor uniforme com corte reto. Só havia calças skinny ou flare. Antes de tudo, acho que independente de idade ou tipo de corpo, se alguém gosta desses modelos e se sente bem com eles, acho que deve usar e ser feliz!

É bastante curioso como o mercado não enxerga que há uma diversidade enorme de consumidores que têm perfis de idade, profissão e gosto diferentes. Todas as calças são praticamente iguais: muito manchadas, feitas para um perfil de consumidora jovem, magra e que necessariamente está diretamente ligada a modismos. É extremamente difícil comprar peças clássicas, mesmo que esse clássico seja algo tão básico como uma simples calça jeans.

Após muito custo comprei na Hering uma calça jeans de modelo tradicional com cor mais uniforme. O preço foi interessante, R$69,90, mas a modelagem ainda era bastante justa, mais próxima de uma calça skinny.

Foi aí que meu esposo resolveu doar algumas calças dele. Resolvi experimentar as calças e vi que havia um potencial – apesar delas ficarem muito grandes para mim, calças masculinas acabam apresentando um corte reto e cores mais clássicas.

Fui a algumas lojas de departamento e experimentei vários modelos masculinos: conclusão – modelos slim masculinos com elastano vestem de forma BEM parecida com modelos retos femininos. Além disso, a vantagem de conseguir cores neutras e, com isso, conseguir um armário mais clássico, vale a pena.

A única coisa necessária foi paciência para experimentar um monte de calças e descobrir modelos e numerações adequadas ao meu corpo. Além da modelagem slim, a princípio a numeração masculina pode variar 1 ou 2 números para cima – sou 40 no feminino e no masculino sou 38 ou 36.

Comprei uma calça de 98% algodão com 2% de elastano na cor chumbo, número 38 da C&A de R$89,90.

achados-leitoras-3

Inevitavelmente, isso acaba caindo um pouco nas discussões sobre roupa “sem gênero”, sobre o comercial da C&A e a repercussão causada por ele. No meu ponto de vista, acho que se uma calça veste bem, me deixa feminina e serve para as minhas necessidades, não é um rótulo de “masculina” que me impedirá de comprar e usar algo que realmente atende às minhas necessidades. Acho que a dica pode ser bem interessante para mulheres que, assim como eu, estão cansadas da falta de opções mais clássicas.”

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentar resposta para Ana Carolina Cancelar

18 comentários

  1. Helena comentou:

    Roberta toca ae o/

    Super te entendo, tem sido uma tortura fazer compras ultimamente. Tudo mt cropped, mt curto, rasgado, mt justo…

  2. Juliana M comentou:

    Esses Oxford’s da Marisa eu já tinha visto até comentei sobre ele em outro post aqui no teu blog Ana sobre Oxford.
    Eles realmente são uma gracinha, mais achei caro,a tal banalização dos R$100,00,rss!

  3. Fernanda Valentim comentou:

    Comprei uma calça masculina na Gap (estou com ela nesse momento) em uma promoção onde a segunda saía pela metade do preco. Meu marido comprou uma para ele, eu comprei uma pra mim. Não precisei nem fazer bainha.

  4. Claudia Gouveia comentou:

    Concordo com a leitora, hoje mesmo fui comprar uma calça e 99% é skinny, super skynny e cigarrete que realmente são para mulheres super magras e jovens, sendo que eu só queria um jeans reto, escuro e com a cintura no lugar! Consegui, mas foi muito difícil!!!

  5. Jande comentou:

    Independente dessa questão de roupas sem gênero, eu já comprei roupa masculina algumas vezes, simplesmente pq gostei e ficou bem em mim. Nunca provei uma calça, mas já comprei 1 camisa branca 100% algodão e 5 camisetas. Quando quero usar pra sair compro PP, quando quero usar pra ficar em casa compro G pra ficar folgadona

  6. Danielle comentou:

    É MUITO difícil, principalmente pra quem veste mais de 42, achar uma calça BÁSICA! Quando acha uma cor uniforme, é super skinny ou absolutamente flare. A menina falando da calça skinny masculina, lembrei que recentemente fui numa loja calvin klein e o vendedor me sugeriu exatamente isso que ela fez. Pena que o cós não ficou legal, mas de resto era exatamente o que queria (mas não quis fazer o ajuste).

  7. Rafaela comentou:

    Ana, eu penso que quando vc mostra um oxford plataforma colorido, de certa forma, (entenda: de certa forma!!) vc também está incentivando a compra por impulso, pq no fundo, no fundo, ninguém precisa de um dele, a gte simplesmente quer, deseja, se apaixona e acaba arrematando. Concorda? Então não vejo as dicas das leitoras como consumismo, muito pelo contrário! Vejo uma oportunidade de economizar comprando um item que eu já tenha algum interesse, seja ele uma camiseta branca ou um oxford prateado. Digo isso pq sou bastante limitada nas compras, devo encher no máximo duas ou três portas de guarda roupa com tuuuudo que tenho, então muitas aquisições suas pra mim soam “desnecessárias”, mas entendo que pra vc não são! Talvez não esteja sabendo explicar, mas quero dizer que no fundo cada um sabe o que é o seu necessário, portanto volte com as diquinhas!! =D E claro, continue lindamente como vc já faz, tentando mostrar as pessoas como achar o SEU necessário, o que cabe no seu cartão de crédito, no seu guarda-roupa, na sua consciência. Adoro vc! Espero que vc leia meu comentário com amor, não como uma crítica, ta? Bjsssss

    1. Juliana M respondeu Rafaela

      Achei legal seu comentário,Rafaela e entendi sua MSG mesmo não sedo nossa querida Ana,RS!
      Também acho super bacana essa sessão dos Achadinhos.Bay!

  8. Juliana M comentou:

    Erro:sedo;
    Certo:sendo.

  9. Natalie Furlan comentou:

    Eu adoro usar roupas do setor masculino. Sapatos eu já uso faz tempo, essa é a vantagem de calçar 39, poder comprar no setor feminino e masculino. Gosto de muito de cores neutras como branco, preto, bege e cinza, e ainda adoro usar blusas compridas, com jeans skinny ou legging, e no setor feminino é muito difícil achar, e quando acha, ou é de material sintético, ou é o olho da cara. Compro muita blusa, camisa, cardigan no setor masculino, muita coisa bonita e geralmente mais barato que no feminino

  10. Ana comentou:

    Gosto bastante das dicas (achados), porque é a oportunidade de comprarmos algo que queremos, que achamos que vale a pena a preços melhores. Compartilhar informação é fundamental e cabe a cada um decidir o que lhe convém ou não, caso contrário, corremos o risco de nos trancarmos dentro de uma caixa, compreende… Viva a leveza, viva a liberdade de escolha…

    1. Ana Carolina respondeu Ana

      Concordo, Ana! Mas eu queria rever o formato para postar além de peças em promoção, quem sabe falar mais de neomarcas…mas obrigada pelo seu feedback, é bacana também saber o que vcs acham! 🙂

  11. Rose Damas comentou:

    Este blog sempre é um espaço bacana para nos atualizarmos sobre moda( sem exageros) e comportamentos. Fora que ainda dá para matar as saudades do Rio de Janeiro através das suas fotos..rs!

    beijocas

  12. Pri comentou:

    É bem difícil encontrar calça reta ultimamente, assim como já teve o tempo em que eu adorava flare e não tinha ou quando eu queria muito uma cintura alta e não achava em lugar nenhum. Tudo porque não estavam na moda, as lojas fazem em quantidade aquilo que vende mais e só.

  13. Marcia comentou:

    Aff, sou grande e, realmente: achar uma calça reta acima do 42 é um parto. Gente, e a falta de padronização? Tenho 1,78m, 88 kg, 118 cm de quadril e aqui no meu armário tem caças do 44 ao 50… É sempre um parto: provo no mínimo 20 pares de calça para achar uma que fique legal.

    Mas sabe que nunca tinha provado as masculinas? Vou começar a tentar… E se alguém achar uma calça reta básica entre 44 e 50, favor comentar…

  14. Jande comentou:

    Esse oxford dá Marisa não vale a pena. Além de ser um material duro é de marca própria da Marisa e não tive uma boa experiência com calçados de lá. Comprei uma sandália e ela se desintegrou em 2 meses e olha que eu nem usava todo dia. Muito ruim o material. Só recomendo comprar na Marisa calçados de outras marcas, como Bebecê, Vizano, Moleca etc.

  15. Magah Santana comentou:

    Em fins do ano 2000 trabalhei numa loja de tecidos e confecções. Era período de festa na cidade e da hora em que a loja abria até quase dez da noite recebíamos uma horda de clientes desesperados por adquirir o outfit mais bacana para desfilar nos festejos. Fui atender uma cliente plus size desejando desesperadamente uma calça que coubesse nela após busca por todas as lojas da cidade ela já havia desistido de uma peça que pudesse deixá-la bonita. Ofereci todos os modelos disponíveis e nenhum subiu além do joelho. Eu já estava no limite das minhas forças, mas a tristeza que ví no rosto dela por não ter encontrado algo para vestir, fez-me pensar numa solução alternativa. A loja havia recebido calças masculinas com strech num modelo que flertava com o esporte fino. Peguei as cores disponíveis com a numeração vestida por ela e outra menor. Pra minha alegria a calça serviu bem. Ela acabou levando duas e nunca ficou sabendo que as calças eram masculinas.

  16. Nevaeh comentou:

    Now that’s subelt! Great to hear from you.