O fechamento das lojas da Forever 21

Eu lembro quando fui chamada pra ir na pré inauguração da Forever 21, assim que ela chegou no Brasil e me deu uma gastura de pegar um ônibus pra ficar numa fila só pra dizer que fui. A inauguração, então, ficou famosa pelas filas astronômicas, pessoas se deslocando de longe para terem a oportunidade de comprarem roupas da moda com preços muito inferiores e de tamanhos maiores (na época abriram depois algumas lojas com espaço plus size) aos das fast fashions daqui, para depois serem vistas como intrusas pelos frequentadores do shopping de alto luxo aqui do Rio, onde a loja abriu. Que tristeza, que horror. 🙁

Alguns anos depois, com dólar alto, roupas de baixíssima qualidade e com estilos de gosto duvidoso, além das matérias internacionais que noticiavam a falência da Forever 21, eis que eles também decidiram encerrar as operações no país.

É isso, eu entrava nas lojas praticamente para rir, porque as roupas eram muito juvenis ou fantasiosas, amontoadas e amassadas nas araras, fora o puro suco do poliéster.

Lembro na época que uma pessoa me chamou de otária por criticar a loja, com algumas denúncias de trabalho escravo, que eu poderia ganhar dinheiro com publicidade deles. Bizarro como os valores eram invertidos há alguns anos atrás. Bom, acho que está sendo até pouco pra quem tem um modelo de negócio explorando os outros. Já vão tarde, apesar de eu achar uma merda ter mais gente desempregada nesse momento.

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus: