Revisitando looks antigos!

São 14 anos escrevendo aqui no blog. Meu estilo aperfeiçoou, assim como meu trabalho e eu mesma, hahaha. Tenho compartilhado com vocês sobre essa profunda mudança que a maternidade trouxe, principalmente nos meus objetivos de vida, me ajudou a perceber que eu sofria para montar um look “mais elaborado”e me cobrava uma elaboração que eu simplesmente não conseguia porque não era meu estilo. Claro que assim eu gastava mais com roupas e nunca estava 100% satisfeita.

Tenho feito de 3 a 4 grandes limpas no meu guarda roupa desde 2020 e reduzido drasticamente o acúmulo de peças. Eu realmente tinha muita coisa mas era um medo enorme de desapegar e deixar de ser criativa. Quanta insegurança. Dito isso, provar novamente peças que mantenho há muito tempo e estavam meio paradas antes da gravidez, reavaliar com meus objetivos hoje, meu cabelo que agora é comprido e grisalho e minhas necessidades quanto mãe, têm sido um processo gostoso de desapego e de observar, na prática, quem eu não sou mais e que tudo bem, deixa fluir, OU que peças que antes eu não amava tanto, hoje fazem total sentido!

Esse macacão é da falecida maria bonita extra, comprei na loja off que a marca tinha em uma galeria em Ipanema, há uns dez anos. Já usei ele algumas vezes mas, olha que engraçado, eu nao gostava porque achava tudo muito escuro, fechado, por causa do meu cabelo pretão.

Com o meu cabelo hoje, eu AMEI. Me senti musa, aí observei com mais carinho a modelagem e corte perfeitos dele. O cabelo deu a iluminada que eu sentia falta quando usava uma peça preta que tivesse uma área maior, coisa que não tinha antes com meu cabelo super preto.

Esse vestido é de 2015, se não me engano, garimpado em um brechó, e é o xodó do meu armário! Acho ele a coisa mais incrível do mundo, mas não vestia desde que nina nasceu, acho. Continuo amando, tecido tipo uma elenca bem grossa, dura uma vida kkkkkk

Agora, esse causou polêmica no Instagram: eu comprei essa lazer no bazar da estilista da Andrea Marques e ele foi uma peça cara mesmo assim, custou 550 reais! Ele é de seda com forro de seda, caimento impecável e por isso foi uma peça que eu usei demais ahahaha, masssssss talvez por ser esse amarelão forte, eu só coordenei com azul marinho, listras, branco e preto.

Dito isso, eu gosto dele mas não gostei de reproduzir o look. Não usaria o look de novo.

Vamos a mais um look antigo que tenho aqui comigo! O vestido Stella para C&A:

Esse vestido tem ONZE anos! Na verdade eu não comprei ele na época da collab a Stella McCartney para C&A, só anos depois no enjoei. Mas comprei também mais naquele desejo antigo de ter peças da coleção, vestido de seda e tal, só que eu realmente usei pouco.

Agora provei ele e está muito justo nos braços e coxas e tenho medo que rasgue por ser de um tecido mais delicado. No Instagram eu gostei, mas agora eu acho que não rola mesmo não, romântico demais e ainda por cima está justo. Vai pro desapego se ele estragar aí sim que não consigo usar e nem desapegar hehe

Eu fico abismada como o tempo passa rápido, rs, como também mantive tantas peças comigo esse tempo todo. Adoraria ter acervo, mas to vendo que não é mais pra mim, não sei. Manter algo ocupando espaço, me fazendo gastar mais com móveis, cuidados e cabides não é mais meu foco na vida.

Tô muito feliz também com a possibilidade de “ganhar” peças novas sem gastar! O macacão eu realmente tinha esquecido dele e agora eu to apaixonada!

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus: