Improvisamos um closet!

Quem acompanhou em dezembro a minha saga da mudança de apartamento por causa do mofo, viu que me mudei pra um apê menor, sem espaço nos quartos para a quantidade de móveis que guardavam roupas, sapatos e acessórios. Tive que me desfazer de muita coisa e, mais recentemente, tirei mais ainda para doar e vender no enjoei.

Como os quartos desse apto são muito pequenos, não caberia armário. Aqui tem um quartinho pequeno que decidimos transformar em closet – ou melhor, quarto de vestir no bom português!

Mas com a grana curta não deu pra fazer nada além de comprar aramados. Armários saíriam caros, sob medida nem pensar para quem mora de aluguel. Então olhamos na Leroy Merlin e Mercado Livre, medimos o epaço, Igor calculou o que caberia e compramos. Tudo deu por volta de 700 reais. O tapete já era meu.

Só que aqui também começou a aparecer mofo. Esfriou, o sol se mandou, moramos agora de frente pra baía, e é maresia na cara. Como solução, comprei um desumidificador potente, o mais caro da categoria, porque não queríamos correr o risco de adoecer novamente. Ainda estamos testando, depois eu conto aqui minhas impressões.

As prateleiras dos sapatos são madeira pinus, tratamos elas com uma mistura de cera de abelha e óleo mineral. Também foram baratinhas, mas não lembro o valor.

Foi uma solução simples, prática e a mais em conta por causa da nossa situação pandêmica e com uma neném pequena. Eu sei que está longe de parecer um closet do Pinterest, mas infelizmente a vida real é bem diferente das inspirações. Depois que pensei que poderíamos ter comprado os aramados na cor branca, mas agora já foi.

Ainda tem muita coisa pra fazer:

– terminar de limpar os sapatos (sim, deu mofo de novo neles e perdi alguns nessa) – e descubro que eu tinha ainda muito, não consigo me desfazer mas sei que já já os perderei por não usar mais

– estou pensando em comprar os gaveteiros que vendem para encaixar nos aramados, para guardar as malhas que ficaram de fora e que uso muito, muito. Elas estão ali em cima da mala, mas só vou poder fazer isso quando tiver certeza que não tem como fazer uma nova limpa e tirar mais itens

– chegaram hoje os sacos à vácuo que muitas leitoras recomendaram. Vou poder colocar roupas de inverno neles (a esperança de voltar a viajar um dia, ela existe) e os edredons, pra ganhar espaço porque a parte de cima ficou meio zoneada. E disseram que tirar o vácuo diminui a chance do mofo.

– eu tirei mais uma leva ENORME de roupas, já contei, né? Fiz isso mês passado, mas ainda preciso tirar mais, porque não vai caber tudo e não quero comprar cabides à toa. Ainda tenho apego a algumas coisas, então quero provar e ver o que realmente vai ser bem dificil eu voltar a caber.

– já tem uma persiana para evitar que o sol queime e a porta vive fechada para evitar também que empoeirem muito

– falta também prender o espelho (na parede atrás da porta) e comprar um trilho de luz bonito e que ajude a iluminar mais e deixar mais aconchegante.

Ah! Meus acessórios ficaram dentro de um espelho/armário que comprei de segunda mão e fica pendurado no meu quarto. E também tirei muita muita coisa!

Pontos positivos

Não vai ter como fazer bagunça, haha! Não tem gaveta pra enfiar nada, não tem como acumular, nem deixar algo mal pendurado (tem uma calça ali mal posicionada que vi agora e deu agonia), porque visualmente vai ficar um ruído, não tem como não olhar tudo isso e pensar “cacete, ainda tem muita coisa! E eu tinha 3X a quantidade que está aí!!”.

É mais fácil visualizar o que se tem e acessar. Estou achando muito legal ter um quarto de vestir, realizei um sonho sem querer, hahaha! Só que ao invés de achar que eu teria muita coisa para preencher esse quarto, agora eu quero é ter cada vez menos.

Sobre os sapatos estragados, vou tentar consertá-los para doar. Já tiramos o mofo, mas deram uma zoada por causa da umidade alta e da falta de uso. Também tirei MUITA bolsa, e ainda penso em tirar mais (tenho algumas pequenas de mão).

É isso, gente. Quem quiser perguntar algo ou dar alguma dica, fica à vontade!

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus: