Por que nossas roupas têm bolsos pequenos?

Diz a história que os bolsos utilitários foram renegados durante muito tempo às roupas femininas porque as mulheres não precisavam sair para trabalhar como os homens, fato que mudou quando estourou a segunda guerra e elas precisaram assumir os postos de trabalho enquanto eles iam servir suas pátrias. Mas fato é que até hoje a história ganha vulto quando observamos que as roupas masculinas são mais utilitárias e confortáveis que as femininas, que ainda são vistas com função decorativa, reservando aos homens a função de carregarem o dinheiro e os pertences.

A bolsa feminina entrou para cumprir esse papel, mas não sem antes condicionar à mulher que ela carregue o mundo nela, ganhando a qualificação de pessoa prevenida, muito que bem, lembrando de todos os detalhes e até rasgando a alça de tanto peso, mal dá pra caminhar direito, vejam só.

Os bolsos saíram de cena algumas vezes por remeterem a pouca feminilidade; foram vilanizados por acrescentarem mais panos à silhueta que, para eles, deveria ser sempre magra e curvilínea. Fora os bolsos falsos, que fazem apenas pinta, mas não tem profundidade e são costurados apenas para compor a roupa.

Bolsos nos vestidos (de noiva, inclusive), nas calças, saias, jaquetas, casacos, bolsos em tudo para facilitar uma vida que anda diferente agora, que pede praticidade, autonomia e cuidados (e celulares cada vez maiores!). Valorizem as roupas com bolsos, que deixem nossas mãos livres para vivermos.

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus: