Meus achados e das leitoras!

Hoje tem achadinhos meus na Renner e a sempre ilustre participação das leitoras com as suas dicas de pechinchas! Quem quiser participar dessa tag com seus achados de lojas de departamento, de loja de marca, de bazar, de brechó ou do Ebay, basta mandar a dica e a foto pro meu email: hojevouassimoff(@)gmail.com!

Eu quase sur-tei na Renner. Sério, gente. Meu marido falou que eu estava com cara de possuída, haha, mas na verdade era cara de quem estava com o radar ligado para os achadinhos, rs! Eu morri com muita coisa, mas estávamos com pressa e não deu pra levar nada (meu bolso agradece!). Sem mais delongas, meus achados:

Eu amei os acessórios! Adorei a inspiração art deco nos brincos, colares e pulseira. Vale a pena sempre dar uma olhadinha nessa seção da loja!

Vamos aos valores: brincos e pulseiras a 35,90 e os da última foto a 25,90:

Colares neon por 49,90:

A sandália me fez infartar. Eu queria há tempos uma sandália assim, igualzinha a uma que a Leandra do Man Repeller tem (tá, lembra apenas) e eu deixei na loja. Custava 129,90. Deixei na loja e to aqui me remoendo de raiva! Também tem a versão dela rasteirinha.

Quem precisa se matar na C&A com as coleções assinadas, se você tem blazers brancos e coloridos, jaquetas de couro fake, tudo isso bem acabado e com tecido bacaninha na Renner?

A jaqueta de couro fake custava 219,00 (ui!)

O blazer branco sai a 120,00:

E o blazer verde por 149,90:

Por fim, achei linda a estampa dessa calça, que é de tecido resinado e custa 99,90. Achei as cores dessa estampa tranquilas de combinar com várias outras peças!

Renner, como sempre, super alinhada com as tendências! Bravo!

Agora chegou a vez das leitoras! Vamos lá:

Mariana está morando em Madrid e aproveitou os bons (e bota BONS nisso!) precinhos europeus:
“Estou morando em Madrid e encontrei umas coisas muito baratas por aqui. Queria compartilhar porque de repente mais gente mora por aqui ou vem de férias…Os tênis vermelhos foram o maior achado de TODOS, custaram 3 euros, nas lojas Primark. O Oxford (aliás, meu primeiro) custou 14 euros e é da Sfera. A bolsinha saiu por 10 euros e eu comprei no mercado a céu aberto “El Rastro” (aliás, ótima opção aos domingos por aqui, mesmo que seja só para dar aquela olhadinha).”

A Gil Diniz é de Sete Lagoas, Minas, e comeu pelas beiradas nos achadinhos! Enquanto todo mundo voava nas coleções assinadas da C&A, ela fez a festa nas remarcações!
“As meninas todas se matando pelas coleção da Santa Lolla e eu só aproveitando as promoções. Olha só o que arrematei:

Regata Ace p/ C&A – 15,90 – no caixa saiu a 9,90, rs! Calça jeans flare – 39,90 – quando fui passar no caixa… 29,90 adoooro, rs!

Cinto fininho em couro – de 39,90 por 9,90 achadooooo!”

A mineirinha Claudia Veloso mora em Sampa há anos, então já sabe muito bem onde garimpar seus achados!
“Olá Ana, tudo bem? Sou mineira, mas moro em São Paulo desde de dezembro de 2001, então já sou paulistana de coração. Essa cidade é cheia de achadinhos, vou compartilhar alguns com vocês: olha que sapatilha mais fofinha!! Quando vi amei e levei todas as cores!! Tem prata, preto, dourado e também um azul algo entre Royal e marinho. Agora só tenho as fotos da prata e da preta, depois eu te envio as que ficam faltando!! A loja é a SENSOSHOES e o precinho é 39,90!”

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

24 comentários

  1. Marcia comentou:

    Deixei de comprar na Renner pq levo produtos melhores pelo mesmo preço na Zara.

  2. Ana, amei os achados da Renner! Aqui em SP tem umas coisas muito bacanas também, mas tenho achado a Renner super cara, com preço de butique. E quando a gente espera liquidação, às vezes não tem mais aquela peça legal.
    Em relação às bijus da Renner, eu tenho um pé atrás. Andei comprando umas bijus lindas lá que simplesmente se desintegraram com cinco ou seis vezes de uso. E eu sou super cuidadosa com tudo o que tenho, não foi mau uso. O simples fato de usar todos os dias destruiu a peça.
    Bjsss

    1. Carla respondeu Cris Borges

      Cris, é porque eles vieram sacolejando da China para cá, kkkkkk.

      1. Keity respondeu Carla

        Verdade,
        hoje me peguei pensando nesse assunto.
        Tem uma loja de departamento imensa aqui em Curitiba. É de Santa Catarina, Havan. Tem muita coisa muuuito barata la… tudo feito na china.
        Acho uma judiação com eles lá, com a industria textil aqui. Mas nao sou hipocrita, e sei que a carga tributária aqui dificulta um tanto a competição.
        Mas realmente gostaria de encontrar coisas “Made in Brazil”.

        1. Carla respondeu Keity

          Eu prefiro pagar mais, ter menos coisa e investir numa empresa que me oferece uma qualidade extraordinária e que tem uma preocupação social ou ecológia ou ambos. E que me deixe muito feliz com o investimento que fiz. Aprendi a olhar etiqueta. Lógico que eu sei que tem um monte de produto (não roupa) que compro que é “china”, mas o que eu puder fazer para não consumi-los, farei. E o que eu puder fazer para só consumir o que eu preciso tb e não ter um monte de quinquilharia.

        2. Iara respondeu Keity

          Realmente Keity, essa semana comprei um vestido na Havan, feito na China, aliás quase tudo lá é feito na China…Que pena que as coisas funcionam tão errado em nosso país…Sou de Blumenau SC…

      2. Manuela respondeu Carla

        Gente, tô chocada: tenho uma pulseira quase idêntica a da primeira foto e um brinco i-gual ao da última. A primeira da Forever 21 e o outro da Asos. Ambos a metade do preço…

    2. Iara respondeu Cris Borges

      Concordo Carla…As biju da Renner eu não tenho sorte ,sai a cor em uma semana, não tenho coragem de comprar mais nada de biju por lá…

  3. Viviane Moreira comentou:

    Todo dia eu passo pela Renner pra ir trabalhar, então sempre dou uma espiada…. 😛
    Normalmente tenho achado tudo muuiito caro e sempre lembro do que a Camila (do Blog Sim, senhorita) pra levar se amar, sabe? Ajuda a segurar a grana e se você gosta leva que ai o custo x benefício se compensa!
    Bons achados, imagina na liquidação? Vou contribuir pra tag! 😛
    Bjss
    Vi

    1. Flavia Nobre respondeu Viviane Moreira

      Vivi, sabe o que eu faço?!?! Eu me pergunto “se fosse de graça, eu ia querer?” pois se a gente nao gosta da “coisa”nem de graça a gente quer!! ahhahahaha

      Estou evitando um monte de prejus desnecessários com essa!! ahahahhahhahah

      Só levo se eu realmente AMEI!

  4. Gil Diniz comentou:

    Eba!! Meus achadinhos foram publicados, aff acho que amo preços off mais que vc Ana rsrsr, fico em transe qnd vejo uma etiqueta tarja vermelha kkkk #adoooro bjs Gil

  5. Denise comentou:

    Amei esta calça jeans e nem dá para acreditar no preço.

    Ana, corre lá e compra esta sandália. Maravilhosa !

    Ah, eu queria estar em Madri, agora. Cidade fantástica.

    bjs

  6. Camila Fleury comentou:

    “MURRI” com aquele achado da calça flare na C&A. Até vi uma na Leader, mas mais cara e sem lavagens. Essa eu achei linda! Ainda mais que é difícil achar uma calça dessa em meio a um MUNDO de skinny!

    A única coisa que às vezes sinto falta é de saber em qual filial da loja que se acham as peças, já que tem várias espalhadas e elas nunca têm as mesmas coisas. =s

  7. Keiko Sakurada comentou:

    Oi Cris! Estive hoje no Barra Shopping e na Renner de lá tava cheia de roupas com remarcação. Inclusive tinha uma calça, não sei se é a mesma que você postou de estampa, mas se não, era muito parecida e estava remarcada por 49,90! Fica a dica!

  8. leiloka comentou:

    acabei de ver a coleção da mixed para c&a.. quanta enganação! tudo made in china, minha gente! as estampas “exclusivas” são nada mais nada menos do que chinocas… melhor entãoa gente se jogar no ebay!

  9. Ana, passo sempre no shopping, você sabe, e sempre entro na Renner. Essa sandália e a calça que você postou já estão por lá há um tempo, então acho que é tranquilo você voltar pra buscar sua sandália com calma (bom, talvez não depois de publicar aqui, haha). Já as bijoux com inspiração decò são novas, vi hoje algumas que me encantaram, mas tô sem comprar então ficaram por lá. Quanto à Mixed, conferi hoje e em breve posto minha opinião lá no blog… rs.

    Beijocas!!!

    PS: Coloca qualquer coisinha aqui em resposta, pra gente testar aquele lance do retorno aos comentários… 😉 Beijos!

  10. Juliana comentou:

    Ótimo saber q as bijus da Renner não são muito boas. Eu não sabia disso.
    Na CeA é bem comum acontecer de o preço ser menor quando passamos no caixa né. Isso já aconteceu comigo também. É ótimo rss

  11. Flavia Nobre comentou:

    Adorei a dica de Madrid!!! Poste sempre!! Ainda mais pois estou pretendendo ir aí ano que vem!! ahahahhahahahahahahahahahahahha

    Fora que vcs têm a H&M e a Zara e mais uma outra que vi no aeroporto daí, que eu nao lembro o nome1! hahahahahahahaha

    Mesmo em euro, é muito mais barato!! E com uma grande qualidade!! Muito bom!

    1. Juliana respondeu Flavia Nobre

      Grande qualidade eu acho discutível, hein? Tem coisa boa sim, mas tem muita peça de poliéster vagaba e cara… No geral, concordo que as fast-fashion funcionam melhor na Europa e nos Estados Unidos, mas nem sempre a qualidade da roupa é tão melhor do que as encontradas no Brasil…

      De qualquer forma, a Primark é um escândalo de preços baixos e fiquei meio passada com os preços desses blazers da Renner – isso é preço de Zara, não é não?

      1. Ana Carolina respondeu Juliana

        Sim, Ju, assim como tem loja de marca que vende roupa de poliester como se fosse seda, ne? Isso sim me deixa passada. E também achei os blazers caros, mas um blazer na Zara tá mais de 250 reais, fácil…ou seja, estão mais baraos que Zara. Beijos

        1. Juliana respondeu Ana Carolina

          Uma coisa que eu acho super importante é pesar o quanto a peça vale, independente de etiqueta – quer dizer, pensando na etiqueta da composição, né? =) Acho que se a camisa é de poliéster mas é bacana e faz vista, eu compro (eu mesma tenho pelo menos umas duas nessa categoria) mas acho fundamental, nesse caso, paga preço de camisa de poliéster!

          Sobre os blazers, não sabia que eles estavam nessa faixa por aí. Tenho um da Zara, de malha (parece um moletom molinho) que vi gente se estapeando em blog pra dizer que é “bacana” e por aqui praticamente todo mundo tem um – engraçado, né? Assim como tem gente “bacana” que tira pinta com Forever 21 e H&M, que nada mais são do que lojas meio povão, se você for colocar na ponta do lápis!

          MAS o que eu queria dizer mesmo é que a gente às vezes dá valor demais pras coisas “de fora” sem ver que, no final das contas, elas vêm do mesmo chinezinho que faz as coisas “brazucas”.

  12. Carol Rocha comentou:

    Comprei o brinco preto con inspiracao Art deco na Renner. Foi super amora primeira.vista. Ainda nao usei e fiquei receosa com os comentarios quanto a qualidade das bijus. Realmente tenho achado a Renner cara, so comprei mesmo o brinco q amei muito. Fico na tentacao de comprar as bijus de la (que acho super de bom gosto na maioria das vezes) , mas acabo sempre caindo no pensamento que posso comprar quase tudo que ta ali beeeeeem mais barato no querido Saarao, hehe!

  13. Selene comentou:

    Oi Ana , tudo bem??? só queria tirar uma dúvida….vi um brinco na renner igual a esse de 25,90, porém a “pedra” branca e preta pareciam estar manchadas, acho que é tipo um efeito manchado ,mas de fabricação mesmo…na foto nao consigo ver esse efeito. esse brinco é como o que eu falo?? parece q o flash escondeu o efeito. Acho que se fosse sem ser manchado seria mais bonito, como o vendido na loja garimppo, em ipanema e por apens 10 reais mais caro.. beijos!!!!!. amei as dicas

  14. Gisele comentou:

    Oi Ana! Sempre dou uma passadinha nas fast fashion aqui da minha cidade, e tenho feito bons achados… É aquela história: tem que ter critério e olho treinado!!! Leio a Vogue e a In style regularmente, e embora até possa comprar uma ou outra coisa que vejo nessas publicações, simplesmente não acho certo comprometer uma parte importante do meu orçamento com grifes!!! Pra quê, se posso me vestir bem e ainda reservar uma verba para outras coisas, que me dão tanto ou mais prazer que um vestido novo???? Tipo viajar muuuuito…
    Com o tempo, estou aprendendo a reconhecer peças que têm um design melhor, um bom caimento, uma qualidade superior – e, garanto, encontro tudo isso em fast fashion!!! Só que tem que procurar… Tem que saber diferenciar os “clássicos”, “atemporais”, das modinhas de temporada, pra poder investir mais $$$ naquilo que a gente pretende usar mais e por mais tempo. Eu, pessoalmente, gosto de comprar boas bolsas e sapatos – afinal, eu troco de roupa to do dia, mas a mesma bolsa pode me acompanhar por semanas (Cadê tempo de trocar tudo de uma bolsa pra outra????). Além disso acho que os acessórios transformam um look, e podem muito bem sofisticar um vestido basiquinho. Se a gente souber escolher um basiquinho que va lorize o nosso tipo físico e faça o nosso estilo principalmente!!!!
    Quanto às fast fashion que frequento, compro bastante na Renner e na C&A. A Renner de fato pratica preços maiores que as outras lojas do segmento, mas geralmente as peças têm melhor acabamento. Na Riachuelo e na Marisa eu nem vou mais, porque há muito tempo mesmo não encontro NADA que se salve (nada contra… Pode ser falta de sorte minha!!!!). E onde estou morando agora não tem Zara, nem as outras …. Então, vamos pra Renner, mas com bom senso!!!!