Cuidados ao passar e lavar as roupas

Já destruí incontáveis peças de roupa. Ok, não foram tantas assim, mas já queimei blusas delicadas com ferro quente no talo. Já joguei alvejante na lavagem e manchei blusas que não poderiam ter contato com. Já deixei de molho blazer bicolor (sim, estúpida!) e ele manchou inteiro. Já deixei marca de queimado em blazer preto (fica aquele brilho na roupa, sabe? E não sai), já furei forro de vestido também com ferro de passar, já lavei o que não poderia nem chegar perto de água, queimei costura de roupas e ficou tudo torto. Um desastre doméstico.

Ao longo dos anos fui adquirindo alguma sapiência (hahaha) e tentando ser mais cuidadosa com minhas roupas. Não tem cabimento gastar grana nelas e simplesmente destruir na pressa, passando correndo, tacando alvejante sem ler a etiqueta, querendo economizar e lavando em casa ao invés de mandar pra lavanderia.

Não sou adepta de lavar toda roupa à mão até porque minha coluna não aguentaria, mas não tem jeito, cansei de passar raiva e, ao aprender a olhar as etiquetas, fui atentando à composição de cada uma e a ter mais carinho com elas. Não sou rica pra ver meu dinheiro indo pro ralo…temos que ter mais carinho e cuidado com o que é nosso e lavar corretamente para evitar também desperdícios com o meio ambiente.

Estou estudando pra caramba sobre esses processos e morrendo de vontade de fazer um curso só com técnicas para aprender a lavar de forma correta cada tecido! Enquanto isso não se concretiza, quero dividir com vocês algumas coisas que reuni pela internet ou com o que tenho aqui.

As que precisam eu tenho lavado à mão, diluindo o sabão pra roupas delicadas antes, deixo pouco tempo de molho e enxaguo – tem dado certo! Só deixo a água cair, nem esfrego se for tecido delicado 🙂

Uma grata surpresa de algumas semanas atrás foi arrumar minhas gavetas e encontrar um folder da coleção da Stella McCartney para C&A, cheio de dicas sobre como lavar e passar tecidos naturais. A coleção inteira foi de tecidos de fibras naturais: seda, algodão, linho e lã. Achei tão bacana que até instagramei:

dicas-cuidados-tecidos

Outras boas dicas desse folhetinho:

– As altas temperaturas dos ferros elétricos são prejudiciais aos tecidos.

– A secagem direta ao sol tende a desbotar ou descolorir as roupas.

– Os alvejantes geralmente desgastam as fibras dos tecidos

– Sempre use sabão neutro para lavar tecidos delicados (eu uso Ola)

– Dissolva bem o sabão para que não produza manchas.

E essas aqui eu peguei de uma caixinha de sabão em pó e sites:

– Lave suas roupas, principalmente as escuras, do avesso para evitar desbotamento.

– Passe suas roupas quando estiverem levemente úmidas para facilitar a tarefa.

– Lave tecidos delicados dentro de sacos protetores ou fronhas.

– “Antes da primeira lavagem, deixe o seu jeans em uma mistura de água e vinagre diluído por meia hora para manter as cores brilhantes. Tente algumas colheres de vinagre com copo de água, e aumente as doses, conforme necessário. E não se esqueça de virar o jeans pelo avesso antes de lavar!” (daqui) Nunca testei!

– O excesso de sabão em pó e amaciante pode causar efeitos devastadores em suas roupas, como ressecamento das fibras

– “Diminua o sabão em pó pela metade e acrescente em seu lugar bicarbonato de sódio. O bicarbonato de sódio atua como um reforço do sabão em pó, você no final da lavagem não vai sentir a diferença. Já o amaciante, ele pode ser substituído integralmente por vinagre branco destilado, além de amaciar as roupas ele não deixa resíduos ou cheiro de vinagre, mas caso queira adicione algumas gotas de óleo para perfumar a roupa.”(dica daqui) Essa eu também nunca testei, quero muito por em prática!

Uma coisa que mudou minha vida foi comprar um steamer. Na verdade eu troquei meus pontos do cartão de crédito por ele e foi uma das melhores coisas! Passo sem medo peças mais delicadas, por mais que eu esteja morrendo de pressa a chance de queimá-las é nula! (só queimo meus dedos, mas beleza, rs). O meu é daqueles maiores, nunca testei esses portáteis.

Não lembro onde peguei (ai!) essas dicas para entender os símbolos das etiquetas, mas estavam guardadas e achei interessante colocá-las aqui, pois estão bem completinhas. Eu normalmente ignorava esses símbolos, dava preguiça, agora já sei vários de cor! E até antes de comprar uma roupa eu observo a etiqueta e vejo se vai ser muita função pra lavar, se só lavam à seco e penso na conta da lavanderia…se eu já estou na dúvida se levo ou não, isso ajuda a decidir, ainda mais se você não gosta de ter trabalho com isso.

Desculpem não rediagramar bonitinho, mas se eu for depender do meu tempo pra isso o post não sairia nunca 🙁 Clique para ampliar!

cuidados1

cuidados-com-roupa-3 cuidados-com-roupa-2 cuidados-com-roupa

Outro dia li uma matéria com o CEO da Levi’s em que ele pede que paremos de lavar nossos jeans. Para economizar o tecido e água, ele afirma que é possível usar apenas um pano úmido pra limpar e deixar secando. O cara disse que nunca pegou pereba por causa disso, hahahaha, e que não é nojento – isso conservaria seu jeans por mais tempo, sem que desbote.

Aliás, vale a pena ler essa entrevista, pois fala dos projetos de sustentabilidade da empresa e do slow-fashion.

Já li em alguns sites que não devemos lavar roupa com tanta frequência, pois isso realmente desgasta as fibras, mas aqui no Rio a gente sua tanto que é quase impossível, a não ser que lavemos debaixo do braço, rs! Mas acho que a grande questão é usar mais vezes suas roupas, evitar lavar só porque vestiu uma vez!

Ufa! Quem mais tem dicas pra compartilhar? É difícil seguir tudo à risca quando vivemos com pressa, tão mais simples jogar na máquina e pronto, mas estou me esforçando. 🙂

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

20 comentários

  1. Fabiola comentou:

    Oi, Ana!
    Essa dica de limpar a calça só com pano úmido para mim não rola. Um bom jeans fica melhor a cada lavada, eu acho, além disso, roupa não é eterna, né.
    Se possível, vc poderia informar a marca do seu steamer? Tenho o maior medo de investir em um que não preste, odeio passar roupa. Obrigada, bjks

    1. Ana Carolina respondeu Fabiola

      Tem melhores que o meu, que foi o que consegui trocar com os pontos do cartão de crédito, rs, mas vai lá: steamfast. Bjs!

  2. Anna comentou:

    Eu só coloco pra lavar se depois que eu usar a roupa (camisa, camiseta, blusa) eu sentir que ela tá com cheiro estranho embaixo do braço. Se não, vai pro cabide de novo.
    Já saias, shorts, calças, eu uso várias e várias vezes sem lavar. Só lavo se também sentir cheiro estranho ou se algo acontecer, tipo pisar em poça de água e molhar a calça, ou cachorros me lamberem e pularem em cima de mim…

    1. Anna respondeu Anna

      Adquiri esse hábito quando fui morar sozinha sem empregada, eu que lavava e passava minhas roupas. Quando eu morava com minha mãe e tinha empregada (hoje eu tenho de novo mas mantive o costume), poderia usar a blusa pra ir na padaria, quando chegava em casa tacava no cesto de roupa suja, automaticamente.

  3. Munique comentou:

    Olá Aninha,
    Muito interessante este post, várias dicas e reflexões.
    Só uma dúvida: Qdo o símbolo diz que não é pra lavar a roupa, o que fazer? Usar suja pra sempre?….rs
    Beijos.

    1. maria alice borges valle respondeu Munique

      Oi munique, eu acho que esse símbolo deve ser usado em roupas de couro natural ou sintético, que não podem ter contato com água senão estraga o material.

      1. Munique respondeu maria alice borges valle

        Oi Maria Alice,
        É que tenho uma saia longa, que parece ser malha, mas ela tem pregas, daí um dia por curiosidade fui ver as indicações de lavagem e vi este símbolo e fiquei em dúvida do que fazer.

        1. Ana Carolina respondeu Munique

          Eu uso suja pra sempre! rs. Mas vale perguntar na lavanderia!

    2. Ana respondeu Munique

      Tenho uma blusa 100% seda que vi hoje que tem esse sinal de não lavar, quase morri. E quando ficar com cheiro estranho no suvaco, como lidar??

  4. JULIANA M comentou:

    Mulher a Zefá aqui de casa sou eu,modesta parte.Já perdi várias pesças de roupas, porém apredi com os meus erros.Tenho máquina gasto d+ água,enérgia,sabão,etc…em 30minutos lavo na tora com minhas mãos vestindo luvas claro!toda a roupa aqui de casa,e água usada na lavagem das roupas reaproveito para lavar o jardim!As roupas+podrinhas deixo de molho na água morna com Venigi uns 20minutos,dou 1a esfregadinha de leve com uma escovinha de dentes depois enxágou.Beijos Aninha!

  5. Dalva comentou:

    Ana, steamer é vida! Foi das poucas coisas q fiz questão de comprar qnd casei… É uma mão na roda e várias amigas q acharam q era frescura se renderam a ele… 🙂

  6. Raquel comentou:

    Ana, as roupas de seda que devem ser lavadas a seco você manda pra lavanderia? Eu tenho peças que devem ser lavadas a seco e vi que no exterior existem kits pra fazer isso em casa, mas nunca comprei pra testar. Vi que existem relatos de gente que lava com alcool, mas como agora nosso alcool é mais fraquinho não tentei também. Ai quando vejo que a roupa deve ser lavada a seco eu nem compro, pois depois ela fica um tempão até eu levar pra lavanderia.
    Adorei as dicas, não tenho empregada e acabo sempre lendo as etiquetas das peças que me parecem delicadas ou problematicas, pois também tenho só do meu dinheiro.
    Quanto a não lavar jeans, OMG! Pra mim não rola, moro em Brasília, suo muito, então depois de umas 3 ou 4 vezes que usei uma calça ela “vence”. Mas sou adepta de reciclar sempre que possível. Quando vou pra uma cidade bem fria uso camiseta dois dias, calça uma semana e assim por diante. Se não tiver cheiro eu vou usando.
    Beijo

    1. Ana Carolina respondeu Raquel

      Raquel, mando pra lavanderia, assim como meus blazers! Quem não quiser gastar com isso deve atentar bem pra etiqueta! Algumas peças de seda dizem que podem ser lavadas à mão, aí eu lavo.

  7. Amanda comentou:

    Ana, tudo bem? Você falou do Steamer e fui ler, pois quero comprar um, mas as críticas dele não são muio boas, fala de a roupa não desamassa direito, apenas as mais finas… cusra 499,00, vale a pena?

    1. Ana Carolina respondeu Amanda

      Também li isso e quando o meu chegou, achei uó. Mas depois fui vendo que precisa de dedicação pra passar – ainda mais roupa delicada!! Algumas camisas desamasso em segundos, outras tomam mais tempo. Mas eu amo o meu, não vivo sem, me sinto segura e sem preocupações ao passar minhas peças de seda. E ele cumpre bem o papel, só não vá querer passar uma calça de linho por exemplo, ou uma jaqueta grossa! bjs

  8. Ana E comentou:

    Boas dicas, mas acrescento: a forma de pendurar, penduro minhas roupas sem pregador de roupas… Estraga bem menos e não marca a roupa. Pode até demorar um pouquinho mais para secar, porém é melhor. Camisa de tecido penduro em cabide esticando com a mão, isso facilita na hora de passar. Blusas de malha penduro como se fosse dobrada ao meio, não fica marcada.

    1. Ana Carolina respondeu Ana E

      boas dicas, Ana!

  9. Cristina comentou:

    Ana, moro no Nordeste e passo o mesmo sufoco que você aí no Rio (só que 365 dias por ano, rsrs). Dependendo da roupa, eu lavo só debaixo do braço mesmo. Sei que é impossível lavar exatamente só embaixo do braço, mas tento concentrar a parte que molha daí pra cima mesmo. Assim tento economizar o tecido por mais tempo, e tem dado certo (é ótimo no caso dos vestidos longos!)!

  10. Ligia comentou:

    Adorei esse post!!!
    Sempre lavei minhas roupas pretas do avesso (e guardo assim também) porque tenho gatos, e dessa forma elas não enchem de pêlos (os que agarram na roupa ficam pelo lado de dentro só). As calças jeans eu sempre lavei do avesso, abotoadas e com zíper fechado, pra não correr o risco dos botões agarrarem em outras peças (já aconteceu 1 vez), então, no fim das contas eu fazia certo por motivos diferentes dos recomendados.. hahah 🙂

  11. Márcia comentou:

    Olá Ana,
    Gosto do seu blog! Retrata mais a realidade, pois nem todos temos grana para ficar gastando com roupas caras.
    As dicas dos cuidados ao lavar foram muito boas, temos é que colocar em prática.
    Outra dica que poderia falar um pouco é como guardar as roupas. Eu, por exemplo, tenho dificuldades de guardas blusas de linha, principalmente as mais finas. Se dependurar estica, horizontal dobradas marca, e assim nunca acho em jeito bom.
    Um abraço e obrigada pelo seu blog simples, simpático e agradável.

    Márcia.