Entendendo mais as cores

Como vocês viram aqui, recentemente estive em São Paulo para estudar: fiz um curso para aperfeiçoar meus conhecimentos em cores. Eu os tinha como designer, só que dessa vez foquei para estética pessoal, para complementar meu conhecimentos. Queria entender melhor por que algumas roupas eu conseguia usar tranquilamente, enquanto outras eu vestia e, imediatamente após, tirava. Lembram da minha cisma com marrom?

Claro que eu sabia que poderia ser por conta da cor, mas queria entender melhor o por quê e, principalmente, ter essa consciência na hora de aplicar cores às minhas clientes de consultoria de estilo. Afinal, a gente lê em mil sites e revistas a seguinte frase: “Militarismo é tendência”. Aí você sai que nem uma louca atrás da sua parka militar, porque, né, quer ficar alinhada com a tendência, curtiu o estilo, se apaixonou pelos looks. Ok, sem problemas quanto a isso. O grande lance é que você chega em casa, monta um look…e tira a parka. Tenta no dia seguinte com outro look…e tira a dita cuja de novo. Você simplesmente não consegue sair com ela e fica sem entender o motivo! E aí vem a dúvida: será que não estou conseguindo montar looks adequadamente?

O exemplo acima aconteceu comigo na prática. Nunca me entendi com verde musgo, verde militar e afins, mas insistia nas cores e cismei em comprar uma parka. Fotografei 2 looks pro blog com ela e ficaram tão horrorosos que nem tive coragem de publicar. Aí tive a ideia de colocar uma cor que eu amava, forte, contrastante, por baixo e, plim!, deu certo!

Na prática, durante o curso, testamos com tecidos de cada cor cobrindo o colo de cada uma, bem próximo ao rosto. E aí percebemos o efeito daquela cor na nossa pele. À medida que avaliávamos, fazíamos o diagnóstico do tom de pele da pessoa: se era harmonia quente, fria ou intermediária! A partir desse diagnóstico, víamos as possíveis cores que combinariam com o tom de pele da pessoa, as que não combinavam tanto e as que definitivamente deveríamos evitar, por não destacarem positivamente nosso rosto e por ressaltarem a cor complementar dela, deixando um reflexo azulado, arroxeado ou amarelado no nosso rosto.

Eu descobri que sou harmonia fria. Sou branca com fundo rosado, o que significa que combino mais com tons de prata e cores frias, como tons de azul, cinza, verdes azulados e roxo. Como tenho o rosto com alto contraste, ou seja, cabelo, olhos e sobrancelhas marcantes, também “seguro” cores intensas, como magenta.

Pessoas de harmonia quente tem mais amarelo na pele e se bronzeiam fácil; combinam com tons de verde militar, bege e cores quentes, como amarelo e vermelho, além do dourado. Para minha tristeza, eu, que AMO laranja, descobri que não fico tão bem nessa cor. Como tem muito amarelo na sua composição e eu sou harmonia fria, acaba não sendo uma cor incrível pra mim.

As intermediárias, que transitam entre as duas harmonias, acabam combinando com tons de amarelo e cores que ressaltem o amarelo nas suas composições.

Vou confessar que ainda acho que o laranja fica bem em mim, hahaha, mas como não tinha fotos dos testes das cores que não me favoreciam, então selecionei essas duas. Esse bordô é uma cor-padrão que favorece tanto quem é fria como quem é quente. Tipo um coringa das cores! Eu fiquei bem na maioria das cores, por causa do alto contraste do meu rosto, mas o laranja não é uma que me deixe incrível, só isso.

Mas e aí, o que faço se eu quiser usar laranja? Ou jogo minhas roupas laranjas fora?? Ahhh!!! Bom, sem drama! Nesse caso, dá pra usar um lenço ou maxi colar em uma cor que me favoreça mais próximo ao rosto (como azul, por exemplo!) ou uso esse laranja em uma estampa que mescle cores que me favoreçam! Ou então usá-las longe do rosto, nos bottons: calças, saias, ou detalhes na bolsa e acessórios.

Entendi que verde militar, verde musgo, verde oliva e todos esses tons de verde com mais amarelo ficam bem em pessoas que são harmonia quente – ou seja, que já tem amarelo na pele! E eu, com meus tons de rosa, fico de fora mesmo. Ou recorrer ao que eu já fiz: coloquei uma camisa pink por baixo, para criar um contraste bacana e favorecendo meu tom de pele!

O mais bacana de saber a sua cartela de cores, é perceber que a cor certa pra você te ilumina; você recebe elogios, destaca o olhar. A cor que não favorece ressalta possíveis manchinhas e refletem tons na pele que nos deixam apagadas. Mas o melhor foi também saber que nada é impeditivo! Se você ama determinada cor que não te favorece, alguns artifícios podem ser empregados, como o exemplo do lenço que falei acima ou maquiar o rosto em tons que conversem com aquela cor e assim gerem uma harmonia maior. Geralmente a cor dos seus olhos também é uma boa escolha para a cor das suas roupas!

Dos neutros, só confirmei minhas suspeitas: fico excelente de preto e branco e péssima de marrom! AHÁ!!

Isso é importante pra termos mais consciência na hora de comprar, sermos mais acertivas e descartarmos o que já sabemos que não vai nos favorecer. Ou seja, nem toda tendência deve ser seguida! Quem quiser pode fazer também um teste simples em casa: coloque um tecido prata e outro dourado, cada um por vez, próximo ao rosto, de preferência na luz natural, do dia. Perceba qual tom te favorece mais e qual “apaga” no tom da sua pele. Se o prata destacar mais seu rosto, possivelmente você é harmonia fria; se for dourado, harmonia quente.

Então, o ideal é que cada uma de nós tenha conhecimento das cores que te favoreçam, para termos um direcionamento melhor nas nossas aquisições fashion. E para usarmos cada vez mais a moda ao nosso favor. 🙂

Não sei se ficou claro, mas é que o assunto é muito extenso e nem deu pra explicar tudo! Mas espero ter ajudado em algum aspecto. 🙂 E quem quiser saber mais sobre o curso que eu fiz, o link é esse aqui.

Fotos no curso gentilmente cedidas por Flávia Melo.

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

30 comentários

  1. Oi, Ana! A verdade é que a gente acaba insistindo nas cores que nós gostamos e não, necessariamente, que ficam bem!!!! kkkkkkk

    Também tento me fotografar diariamente porque descobri que o espelho mente sim (?). É que às vezes vendo só no espelho eu acho que estou legal, mas quando vejo a foto percebo melhor o “todo” e o que posso mudar para melhorar. Você já passou por isso?

    bjsssssss

  2. Munique. comentou:

    Ana,
    Amei este post!!!!
    O problema é que acho que sou fria em alguns dias e quentes em outros…..kkkkkk. Brincadeira, é que fiquei meio na dúvida, mas acho que combino mais com dourado.
    Também amo laranja, não deixa de usar esta cor não, usa os artifícios que aprendeu no curso….rsrsrs
    Beijos.

  3. Flavinha comentou:

    Ana, obrigada pela aula de cores na roupa. Já tinha lido alguma coisa sobre isso, mas confesso que nem sempre dou muita atenção a essa questão das cores na moda e acho que as minhas escolhas acontecem meio no feeling. Como eu gosto (muito) de maquiagem, apesar de não ser da área, eu termino lendo muita coisa sobre harmonização de cores e tons de pele e creio que essas informações terminam influenciando meu “feeling” quando vou escolher roupas/acessórios.

    Queria acrescentar uma impressão que eu tenho que também o sol que nós levamos também influencia muito. Não, não quero falar aqui do envelhecimento precoce, mas sabe, às vezes no verão ou em viagens se expõe mais e se bronzeia um pouco e isso muda um pouco nosso “fenótipo”. É que recentemente eu voltei de férias mais bronzeadinha (um tonzinho só) e como sou um pouco amarelada/oliva, normalmente compro bases em tons mais quentes, mas aí fui na loja (MAC) testar corretivos, pq estava precisando e, para minha surpresa, o NW ficou melhor que o NC, o que não ocorre normalmente. A maquiadora lá me explicou que talvez porque como eu estava mais bronzeada isso ressaltava os pigmentos mais avermelhados/rosados da minha pele e que, no meu caso, eu tb tinha um pouco de rosa, já que dava para ver que meu colo estava um pouco vermelhinho. Esse tipo de coisa acontece comigo com roupa. Alguma roupas ficam melhores quando estou bronzeada.

    Ainda sobre esse dia da MAC, a maquiadora de lá disse que algumas vezes eu poderia mesclar produtos para peles mais quentes e para peles frias para conseguir um equilíbrio bom e, por isso, era importante testar. Daí que acho que isso de mesclar deve valer também para roupas/acessórios, o que vai na linha do que você escreveu quando misturou uma cor que fica ótima em você com outra não tão boa e de que é importante testar o que fica bom.

    Por fim, queria dizer que talvez esse laranja da foto não tenha ficado tão legal, mas eu curto muito suas produções com laranja. Acho que deve ser o mix ou a tonalidade do laranja (com maior presença de pigmentos vermelhos).

    beijosssss

    Flá

    1. Denise Pereira respondeu Flavinha

      Eu também pensei nisso, que se o laranja tivesse mais vermelho na composição, ficaria melhor! Esse da foto é um laranja muito amarelado…beijos!

    2. Juliana respondeu Flavinha

      Flavinha, sobre o corretivo, o tipo de olheira também influencia no fundo da cor! Eu e uma amiga, por exemplo, usamos o mesmo tom de base (NC20), mas enquanto o corretivo dela pode ser NC20 mesmo, o meu é NW30! Isso porque ela só tem um tiquinho de olheira, enquanto eu tenho tanto pigmentação muito forte da área (presente dos genes de papai) quanto muitos vasinhos aparentes na região (presente dos genes de mamãe): se eu uso um NC20, os olhos ficam acinzentados, horrível mesmo!

  4. Bia Maia comentou:

    Ana, melhor post ever!!!! Até por causa dessa coisa de não ditar regras, mas fornecer instrumentos pra pensar! Parabéns, de verdade!
    Eu acho que sou mais ou menos que nem vc, branquela/rosada com cabelos e olhos escuros, e fico terrível de marrom, amarelo, laranja e afins. Mas adoro verde musgo, e prefiro acessórios dourados.
    Vou pensar mais sobre isso agora, adorei!
    Só queria acrescentar, posso estar falando bobagem, mas eu acho que tem tons de certas cores que acabar combinando!

    Beijo e continua postando coisas assim que tá demais!

  5. Veronica Castilho comentou:

    Ana amei o post, tenho aprendido muito com essas suas dicas de cores, com a paleta de cores também. Gostei muito e vou me atentar para as cores que mais me favorecem e mesmo as que não me favorecem, porém gosto, usar mais em acessórios. Engraçado que achei que o laranja combina muito com você também, mas você ficou realmente mais iluminada e bonita com o azul, branco e preto. É por essas e outras coisitas mais que amo o blog e acho o melhor de todos!!! Beijinhos!!!

  6. Rose comentou:

    maravilhosas as dicas Ana nunca me atento muito a isso kkks bjs

  7. eu ja sinto isso em mim…tem cores q nao caem bem em mim. depois q arrumei meu guarda-roupa por cores, percebi q nao tenhos varios tons no armario: amarelo, laranja! tenho os olhos bem escuros e pele bem clara, mas os cabelos loiros (pintados)…

    Ana, so acho q vc tem constraste da pele e cabelo pq seus olhos e sobrancelhas sao clarinhos! E eu gostei mais de vc no tecido laranja q no bordo…

    pelo menos foi meu olhar!!
    bju

    1. Ingrid respondeu Silvinha.ba

      Mesma coisa que vc Silvinha, não tenho nada amarelo(odeio a cor, tenho verdadeiro pavor) e nem laranja e tb sou branquinha e no momento estou loira.
      Não acho que nenhuma das duas cores fique bem em mim.

  8. Josimar comentou:

    Que legal!!!!

    Adorei as dicas…

    Beijos e uma ótima semana!!!!

    caprichosdajosimar.blogspot.com.br/

  9. Mariela comentou:

    Tô divulgando o Bazar do Bem de Natal da Mixed Off, dias 12 e 13/12!
    Vai ser na Gávea, rua Mary Pessoa, 274, das 10 as 19h.
    Descontos de até 70%.
    Renda revestidas em cestas básicas!
    vamos lá ajudar meninas!

  10. Ótimo post, Ana. Sintetizou as minhas aulas do curso, haha. Beijocas.

  11. Priscilla comentou:

    Na boa… Você ficou igualmente bem com todas as cores.

    Dizer que ilumina e você recebe mais elogios pode ser só porque você repara mais nisso por saber que está com a roupa “certa”, assim como reparamos que tocou uma música que estávamos pensando, sendo que pensamos em dúzias de músicas que NÃO tocaram. Ou pode ter sido coincidência mesmo.
    Não consigo ver essa descombinação de cores versus pele que você disse não… rs

    1. Ana Carolina respondeu Priscilla

      Pri, nem eu via muito bem, sabe? Mas conforme eu escrevi, eu não tinha foto das cores que ficam realmente péssimas em mim pra exemplificar em fotos. O laranja não fica ruim, mas tem outras que ficam melhores, só isso. bjs!

      1. Keity respondeu Ana Carolina

        Eu nao sou boa nisso de perceber cores q ficam bem em mim, mas qto as tuas fotos com verde, claramente a que tem a blusa rosa ficou muito mais ‘iluminada’ mesmo.

        Eu sou marrom, adoro prata, mas acho q devia harmonizar com dourado mesmo… sei la…

  12. Virginia Furrati comentou:

    Sou seu completo oposto, fico horrível de azul e bem de verde musgo…

    Tem um sorteio no meu blog, se quiser participar está convidada.

    oblogdafenixx.blogspot.com

  13. Priscila de Curitiba comentou:

    Oi Ana, adorei o post!!!! Sou o contrario de vc, sou quente!!!! rsrrsrs. Agora entendi melhor pq amo amarelo e laranja!!!!! rsrsrs

  14. Viviane Moreira comentou:

    Muito bom o post, vou fazer o teste que vc mencionou a pesar de que sempre vou amar as cores elas me favorecendo ou não…. o lance é jogar outra como vc disse e sermos felizes!
    E nunca seguirmos a risca as tendencias! Fato!
    Bjsss
    Vi
    PS: Eu acho que vc fica linda com tooodas as cores! <3

  15. solange comentou:

    Obrigada pela aula!!!

    Ahhh…tb adoro suas produções em laranja e em amarelo tb.

    bjs.

  16. Laura Guedes comentou:

    Não entendo muito sobre isso, mas confesso que achei que o laranja SUPER te favorece! ao contrário do bordô! Ilumina e valoriza teu rosto, achei uma cor ótima em vc!

    Em mim, recebo mtsss elogios quando uso verde =D

    1. Paula respondeu Laura Guedes

      Concordo com a Laura. Gostei do laranja em vc e o bordô achei que te envelheceu, de repente um vermelho um pouco mais aberto iria ficar melhor.

      Acho que as cores dependem mais da cor do cabelo do que do tom de pele.
      Sempre achei super bonito as loiras de preto e as de cabelo castanhos de branco.

      bjs

  17. Natália comentou:

    achei muito legal, porque é o tipo da coisa que a gente acaba fazendo na tentativa e erro… eu sou bem morena, olhos escuros e cabelo castanho, então fujo de todos os tons terrosos, desmaiados (tipo rosa chá etc), verde musgo e me jogo no branco, no dourado, nas cores alegres e abertas e tudo que faz contraste pra todo mundo elogiar meu bronze, hehehe

    fiquei curiosa de fazer o teste!

    e sobre o espelho mentir, que alguém já falou, eu concordo! ultimamente tenho tirado fotos das minhas roupas antes de sair para trabalhar, com o celular mesmo, e às vezes um look que você acha que ficou bom não está tão maneiro assim. impressionante!

    bjs

  18. Juliana comentou:

    Eu particularmente sou uma negação. Quer dizer, eu sei que tenho uma harmonia “quente”, mas não fico NADA bem de amarelo e laranja e adoro biju prateada.

    No final das contas, eu provavelmente fico “melhor” de marrom, mas é uma cor da qual não gosto mesmo – você encontra com muito mais facilidade azul marinho no meu guarda-roupa!

    Beijinhos!

    1. Keity respondeu Juliana

      Acho e resumindo, sou igual a vcm Juliana. Tenho harmonia quente, mas não sou chegada nas cores q deviam ficar bem em mim…
      Apesar q minhas unhas estao pintadas de amarelo, pela primeira vez e me surpreendeu pq ficou muito bom.

      1. Juliana respondeu Keity

        Em termos de esmalte, o máximo que consigo é laranja, e mesmo assim bem saturado, bem carregado de vermelho. Amarelo usei uma vez, passei num dia e tirei no dia seguinte.

        Verde-militar eu gosto, mas acho que não tenho nada no armário que puxe para essa cor (exceto um blazer fininho).

  19. Glauce Sarmento comentou:

    Adorei as dicas Ana. Também sou branquinha como vc e odeio marrom, verde militar e afins. A intuição às vezes ajuda um pouco né?
    Bjos,

    Glauce

  20. Lídia comentou:

    Ana, e se vc usasse um laranja mais forte?

  21. joseane comentou:

    Bom dia,
    Parabens e muito obrigada pelas dicas maravilhosas!!
    Sem ter feito nem um curso de moda,mas adorando moda!! resolvi lancar uma marca de roupas para uma loja virtual.
    Ainda estou na fase de pesquisa…
    Voce conhece um tecido que tem a composicao 95% viscose e 5% elastane?
    Estive no Brasil (Fortaleza) mas nao consegui encontrar.

    Quaquer sugestao ou dica sera muito bem aceita.

    Um otimo dia!!