Financiamento coletivo para ajudar o Moda pé no chão!

Em 2008 eu comecei meu blog de brincadeira. Meu primeiro investimento foi o domínio. Comecei com uma cybershot, depois investir numa câmera melhor, com lente, mas tirava foto no temporizador, com tripé.

Vocês já sabem a história, mas foi graças ao blog que encontrei a minha missão como profissional e pessoa.

O Moda Pé no Chão virou uma plataforma voltada para mulheres com a missão de desconstruir padrões e questionar regras da moda com uma linguagem autêntica e da vida real, de forma mais sustentável e priorizando o autoconhecimento.

Não é fácil. Vocês devem imaginar, mas reitero as muitas e muitas horas dedicadas em posts, textos, fotos, impressões, ideias, looks, cores. A agonia de querer fazer melhor, mas não ter como investir mais e nem saber onde buscar suporte. Muitas vezes dependia dos publis para poder avançar com mudança de layout do site, pagar fotógrafo, manter servidor, programadores…mesmo sem querer, os investimentos continuavam.

Com o boom das redes sociais, a propaganda pulverizou entre muitos influenciadores. E vou dizer pra vocês: eu achei bom. Mesmo. Por conta disso, eu me lancei de cabeça na profissão de consultoria de estilo, fui arriscando e criando vários workshops para não depender de publicidade paga, até chegar na ideia do Conheça suas Cores, o curso responsável por manter todo o meu conteúdo online gratuito hoje em dia, que se desdobra em Blog, grupo do Facebook, Twitter, Instagram, Stories, IGTV, Podcast, Pinterest e, quem sabe um dia, Youtube, hehe.

Fora as redes, ainda trabalho como consultora, em atendimento de clientes, consultoria online, palestras, empresas e cursos de formação para consultoras de estilo e aspirantes.

UFA! hahahahahah! Muita coisa, gente! E tudo SO-ZI-NHA. Tenso.

Após o workshop, fui me desdobrando em mais ideias de cursos e projetos. Trouxe pra mim pessoas queridas para trabalhar junto, e atualmente a equipe é composta por: uma assistente fixa, uma profissional de mídias sociais, uma fotógrafa, um editor de podcast, programadores e uma designer.

ana-casa
Foto antiga pra mostrar o meu local de trabalho, hahaha!

Mas eu adoeci.

Viajei e dei muitos workshops em 2018 e foram essas viagens e cursos que mantiveram tudo no esquema. Mas 2019 chegou, e a saúde deu um jeito de avisar que esse ritmo não é mais tolerável. Tive crises severas de ansiedade, de chorar e ficar sem ar nos dias anteriores às minhas viagens, sentindo saudade de casa, das minhas coisas, do meu amor, da minha família e amigos. Emendando turmas e turmas de análises cromáticas, atendendo 50 pessoas num final de semana sem descanso, contando com assistente em muitas, mas mesmo assim sendo responsável por transmitir o conteúdo e trocas com as participantes.

Por mais que os cursos sejam a mola propulsora para avançar, eu não sou uma máquina. Não dou conta de tudo e nem tenho que achar que eu preciso dar conta! E eu vou adiante porque acredito na minha missão e no que eu contribuo e ainda posso contribuir na vida de muitas mulheres.

Muitas leitoras sugeriram que eu iniciasse, assim, uma campanha de financiamento coletivo dos meus projetos e cá estou, abrindo essa campanha no Catarse.

Eu aprendi esse ano a pedir ajuda. A ACEITAR AJUDA!

Todo mundo que se beneficiou de alguma forma do conteúdo que compartilho e compartilhei ao longo de tanto tempo e puder contribuir, será incrível.

E como funciona?

Tenho algumas sugestões de valores, que você pode escolher de acordo com o que você puder contribuir e está livre para sair dele quando não tiver como pagar:

Carteira oficial de apoiadora
Para R$ 5 ou mais por mês

• Você ajuda a manter todo o conteúdo gratuito que eu já produzo: blog, redes sociais, fotos, grupo no facebook, podcast e vídeos

• Você vai participar do sorteio exclusivo mensal de livros e produtos

• Acesso a uma newsletter mensal exclusiva para os apoiadores do Catarse

Para R$ 10 ou mais por mês
Mais que amigas, friends

• Você ajuda a manter todo o conteúdo gratuito que eu já produzo: blog, redes sociais, fotos, grupo no facebook, podcast e vídeos

• Você vai participar do sorteio exclusivo mensal de livros e produtos

• Seu nome vai aparecer bonitinho na página do blog dedicada aos apoiadores

• Acesso a uma newsletter mensal exclusiva para os apoiadores do Catarse

Para R$ 25 ou mais por mês
Fortalecedora master do rolê

• Você vai participar do sorteio exclusivo mensal de livros e produtos

• Você ajuda a manter todo o conteúdo gratuito que eu já produzo: blog, redes sociais, fotos, grupo no facebook, podcast e vídeos

• Seu nome vai aparecer bonitinho na página do blog dedicada aos apoiadores

• Acesso a uma newsletter esclusiva para os apoiadores do Catarse

Para R$ 50 ou mais por mês
Tamo-junto Premium

• Você vai participar do sorteio exclusivo mensal de livros e produtos

• Acesso antecipado dos podcasts Moda pé no chão

• Acesso a um episódio mensal exclusivo dos podcasts Moda pé no chão

• Acesso a uma newsletter esclusiva para os apoiadores do Catarse

• Você ajuda a manter todo o conteúdo gratuito que eu já produzo: blog, redes sociais, fotos, grupo no facebook, podcast e vídeos

• Seu nome vai aparecer bonitinho nos créditos de todos os podcasts e postagens na página dos apoiadores do blog

De acordo com cada valor tem um benefício que inclui criação de conteúdo exclusivo para assinantes, sorteio mensal de livros e outros produtos maneiros, além dos créditos numa aba exclsuiva aqui do site!

Desde já agradeço demais quem puder estar comigo nessa jornada, para que ela continue e possa melhorar cada vez mais, para que todo mundo se beneficie, principalmente quem não pode contratar um serviço meu, ou estar em algum workshop!

O link é esse, quem puder compartilhar também ajuda muito. Obrigada!

https://catarse.me/modapenochao

Captura de Tela 2019-07-05 às 13.54.59

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

3 comentários

  1. Adriana comentou:

    Lembra quando você tinha amigas que te ajudavam? Acho que fez diferença ter se afastado né? Boa sorte

    1. Thais respondeu Adriana

      Verdade! Já pensou que louco ter que depender de “amizades” em vez de ser remunerada justamente por um trabalho que se faz com integridade?

      A integridade custa – e vale – um mundo. Mas, para quem não tem um mundo, tanto faz. Respeito se torna efêmero igualmente. Para alguns, não. Para outros, apontar o dedo é a maior catarse da semana, e vale menos de 5 reais.

      1. cabelinho respondeu Thais

        Sensatez funciona com seres humanos normais, Thaís… pra maluco é Rivotril mesmo.