{pensamento do dia} A roupa da ocasião?

Todo mundo (ou a maioria) deve ter alguma roupa no armário guardada para aquela ocasião especial. Uma festa bacana. Algum casamento de amiga. Evento do trabalho. Festa de batizado.

A pergunta é: você é daquelas que guarda determinada peça de roupa só e somente só para certos momentos? A que compra pensando na festa que ainda não existe, no casamento que não sabe ainda de qual amiga, no jantar do aniversário de bodas que será só daqui a três anos?

9cf7fab19e9f54cfdd6d795aea2fc85a

Há muuuitos anos eu era esse tipo de pessoa. Colecionava as peças mais exóticas para algum evento de moda, guardava pra não gastar aquele vestido especial, esperava ansiosa algum convite para estrear aquele scarpin de verniz que tanto faz vista!

Até que um belo dia, eu percebi que casamentos se desfazem até de véspera. Que festas podem ser frustradas por uma gripe de derrubar na cama. Que a gente chegou perto dos 30 anos e já não cabe mais naquele vestido tamanho 36 que nunca viu a luz do dia. Que tudo manchou, de guardado, de tanto esperar o evento que não veio.

Não sou baladeira, sou mais de ir na casa dos amigos, sentar no chão, jogar conversa fora no bar, sair pra jantar em lugares informais. Até existe um ou outro evento, mas o trabalho e o cansaço muitas vezes me impedem de ir. Sou caseira, mas gosto de me arrumar. E aí, como faz?

Aí que a gente faz a hora, não espera acontecer, exatamente como na música que o artista cantou. Vou de paetês pro bar. Vou de salto pra casa do amigo. Faço aquela maquiagem bacana que eu sempre quis testar. Ouso numa mistura de cores. Uso e uso feliz aquela roupa que poderia ser para uma festa – mas quer festa maior que estar com quem se gosta?

Ou a gente para de comprar roupa só para ocasiões futuras, incertas, incógnitas na nossa agenda ou a gente para de esperar os momentos especiais e passa a usá-las no dia a dia, sem regrinhas de pode ou não pode, sem essa de se achar super arrumado.

A blusa de paetês fica informal com o jeans e o blazer. O vestido de cetim fica divertido com jaqueta de couro e all star. Olha que bacana que é pensar nas inúmeras possibilidades de transformar a nossa rotina em um cotidiano especial a cada dia? Que incrível é transformar dinheiro e tempo gastos na compra daquela peça, em investimento? Ok, ninguém vai trabalhar com vestido de festa, mas vocês entenderam, rs!

67c42fa0db1cfdff16b0daa1e573423e

Tira o mofo daquela roupa e vai lá viver seu momento, seja ele qual for. <3 A ocasião é a gente quem faz – e, já disse minha mãe, roupa foi feita pra gente usar!

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

52 comentários

    1. Ana Carolina respondeu Simone Tressi

      Amei esse texto!

  1. Camila Oliveira comentou:

    É por isso que agora eu só compro o que realmente preciso, sem pensar pro casório da amiga que vai acontecer daqui a dois anos e quando tem festa e não tem roupa a gente improvisa. É nesse improviso de cada dia que eu retiro o vestido branco de paetês do armário e uso com all star ♥

    http://blognossopapo.blogspot.com.br/

  2. Elida Fernandes comentou:

    HAHAHA adorei o post! Ri muito! Pois, me identifiquei bastante. Mas, confesso que ainda tenho pecas guardadas no armario…principalmente vestidos…blusas mais brilhosas e makes eu tb jah resolvi usar no dia a dia.
    Mas, acredito que toda mulher tenha uma peca ou outra guardada, nao tem como!

  3. Stella Amâncio comentou:

    Por esse motivo e por causa da ansiedade cavalar que eu uso tudo o que compro, desde o salto agulha metalizado até a malha podrinha no mesmo dia, ou no máááááximo na mesma semana que comprei.

  4. Bia Maia comentou:

    Ana, sabe que eu tendo a pensar que nem você, que tem que usar o que tá com vontade e pronto. Mas eu sou muito filha da minha mãe, e tenho um jeito besta de pensar que só estou realmente bem arrumada se estou de roupa nova. Daí que eu comprava uma roupa, usava logo em seguida e quando tinha uma ocasião especial, eu saía desesperada e pagava um absurdo só pra ter uma roupa novinha. Com isso acabei aprendendo. Se acho um vestido lindão com um preço bacana, compro e espero um dia especial pra usar.
    Porque outra coisa que aprendi que funciona comigo é isso, normalmente pago mais caro em roupas mais do dia-a-dia que eu sei que vou usar um milhão de vezes do que em roupas pra usar só no tal dia especial. Essas eu garimpo e aproveito nas promos.
    De qualquer jeito, a motivação do texto é ótima. Eu que sou control freak! rs
    Beijo!!

  5. Graziela comentou:

    Isso mesmo, acho que esse pensamento do dia está super oportuno, a vida passa muito rápido e se arrumar, se maquiar, para mim é sinônimo de diversão, também não sou nada baladeira, então basta meu estado de espírito permitir que saio por aí mega arrumada; meus amigos perguntam ás vezes: Nossa aonde vai assim tão arrumada?, e respondo: Te encontrar, eles riem e no fundo se sentem acarinhados também,
    bj (o frio do sul deu uma amenizada, hj deu até para usar uma sapatilha em Caxias do Sul)

  6. Nossa muito bom esse pensamento, eu costumo comprar roupa para certas ocasiões, mas diferente do que vc falou Ana, eu uso o que compro não só para a ocasião, mas para qualquer outro evento. Já comprei peça com intenção de usar num determinado dia, mas usei bem antes. Nao gosto de peça guardada sem uso, pelo menos uma vez tenho que usar da forma que imaginei e depois deixo a imaginação me levar!
    Adorei o post Ana, adoro seu blog!

    http://tedouadica.wordpress.com/

  7. Michelle comentou:

    Muito oportuno. Quem nunca aproveitou uma liquidação pensando nestes momentos, que nunca aconteceram. Eu sou uma delas, rsrsrs. Sei que vai ser difícil usar, mas fico eu lá admirando meu tão sonhado vestido.

    bjs

    http://www.lojasantamaria.com.br

  8. Lari comentou:

    Eu comecei a pensar exatamente isso depois que percebi algumas peças paradas no armário esperando a “tal ocasião especial” para serem usadas e ela nunca chegar. Enquanto isso a roupa deixa de servir, nosso gosto muda, no dia especial a roupa não exatamente aquilo que queríamos… triste. Comecei a usar tudo, afinal cada dia é único não é?

    Que nem maquiagem, cansei de jogar fora coisas novas e vencidas sem nunca ter usado. Agora uso (quase) sempre maquiagem e sou feliz. hahahaha

  9. Elisangela Moreira comentou:

    onde esta o botão de curtir??? Amei o texto…

    1. Ariana respondeu Elisangela Moreira

      Também senti falta. Queria curtir 10 vezes o texto! rsrs

      1. Ana Carolina respondeu Ariana

        Estamos fazendo testes de estabilidade no blog, meninas. Esse botão estava deixando tudo lento, pelos relatórios. Mas depois a gente testa voltando com ele. 😉

  10. Aline comentou:

    tenho pensado muito nisso! Adorei o texto!

  11. Anajulia comentou:

    Ana, adorei seu texto, e já fiz isso muitas vezes, mais por não poder comprar roupa sempre do que por onde exibi-las.
    E´como diz aquele texto que não sei bem de quem é , mas que deixa marca na memória ” …vista-se como se cada dia fosse uma festa ” – penso que qualquer ocasião é especial, qualquer evento é especial, todo dia de trabalho é especial, todo encontro é especial, ir ao mercado, ao barzinho, as aventuras e desventuras da rotina são ocasiões especiais, simplesmente porque estamos vivos e isso já basta para nos sentirmos vestidos para festa…
    Beijos.
    Anajulia/Brasilia/DF

  12. Fernanda comentou:

    Resumo seu texto de hoje em: motivação!!

  13. Ana Lima comentou:

    Gostei muito do texto, foi uma confirmação pra minha vibe do momento. Bjos!

  14. Danielle comentou:

    Engraçado que minha mãe diz a mesma coisa que a sua… Sendo até mais radical ela diz, que um dia estamos vivos, no outro quem sabe…então pra que esperar pelo momento “certo” (pra se sentir bem e bonita?!!!)…quem pode dizer qual é? Eu acho que é HOJE

    1. rsrsrrs adorei! minha mae tbm me aconselha a usar mais minhas peças…acho q é um conselho de mae msmo! rs elas ja aprenderam q nao adianta ficar guardando essas coisas…nao sei se é o seu caso, mas sou mtu cuidadosa, entao as roupas e sapatos, etc, duram mtuuuuuu, ai acabava enjoando da peça, q nao usava e ficava velha de tanto eu olhar pra ela no guarda roupa, acabava perdendo a graça! rsrrs pior quando ficava velha de verdade sem eu usar, ai pirava! rsrsr quando via aquela blusa bordada branca com mancha amarela qria arrancar os cabelos!rsrrsrsrrs hje estou “curada”rsrrsrrsr bjus

  15. Paula comentou:

    Isso mesmo!!! Isso de guardar a roupa especial é bobagem! Muito importante também é usar todas as maquiagens no dia a dia, pois quando essas estragam é até perigoso!!!

  16. Ana, gosto tanto do jeito que escreve, parece que to conversando com uma amiga… e vc sempre dá conselhos importantes!
    Esse ano comecei a pensar mais nisso, parei de comprar roupas e to usando tudo que tenho, especialmente aquelas que ficavam lá guardadas, com etiqueta ainda.
    E é tão bom “quebrar regras” da moda né? Usar alguma coisa que foi comprada com uma finalidade para ir a outro lugar…
    Enfim, excelente texto!
    Beijinhos
    http://talitascoralick.blogspot.com.br/

  17. Confesso que antigamente era bem assim, deixava uma roupa ou sapato para cada ocasião… Hj aprendi que é uma bobagem ficar esperando o momento certo. Bora arrasar todos os dias pq a vida é muita curta! rs

  18. Amei o post!
    Super me identifiquei, eu era muito assim, comprava uma roupa e ficava com “pena” de usar, me arrumava pra sair e achava que tava arrumada demais, guardava várias coisas para usar em “ocasiões” especiais que nunca existiam, rs!
    Hoje em dia já melhorei bastante e graças ao seu blog vou melhorar muito mais!
    Te acho o máximo Ana, sou sua fã de carteirinha!
    Um beijo gigante! =)

  19. Oi Ana! gostei mtu do texto! semrpeeee deixava uma roupa guardada pra usar pra sair, msmo q mais simples, so pq era nova, ou adiava o uso pra poder estreiar em uma ocasiao mais especifica…hje nao.
    A minha mae tbm me diz q roupa/sapato/bolsa/etc é feito pra usar, e cansei de fazer faxina no guarda roupa e perceber q a roupa/sapato ficou velha dentro do armario! as vezes velha msmo, manchada…
    Faz um tempo q venho comprando menos e usando mais…tenho duas amigas(além da minha mae) q quando encontrava, por acaso, me sentia mal vestida, pq elas estavam sempre impecaveis, na moda, ai uma vez perguntei pra uma delas, se nao tinham dó de usar uma roupa linda daquelas pra comprar pao, ou ir trabalhar, se nao guardavam pra sair a noite, a resposta é a sua proposta do blog: usar e ousar com as peças q tem, comprar roupas/sapatos/acessorios de qualidade, e uma peça, dependendo do complemento pode sim sair a noite ou ir trabalhar.
    Confesso q pra mim é um desafio diario nao ter dó das peças, mas com a pratica tenho me sentido melhor em usar minhas coisas, faz bem a gente se sentir arrumada! é claro q tem dias q a gente nao ta assim tao animada, mas hje posso dizer q quando vejo as minhas amigas nao tenho mais aquela sensaçao esquisita de estar um trapo rsrsrrsrrs e olha, venho recebendo varios elogios!!! uhuuuu! rsrsrs

    1. Gisele respondeu Ísis R. Bernussi

      Oi Isis. Me identifiquei MUITO com o que comentou. Também me sentia um tanto aquém quando saía com algumas amigas e até familiares… até que um dia passei a olhar meu armário de forma diferente e usar de verdade o que tinha de melhor, inclusive minhas maquiagens. Afinal, o que é estar “bem vestida d+”? Se vestir para você e sair feliz com o que vê no espelho não tem preço!
      Bju

      1. rsrs é isso ai Gisele! e vc mencionou maquiagem, outra coisa q to lutando pra usar mais! rsrsrs hje msmo vi o livrinho da Avon e fechei pensando q nao preciso comprar nada, preciso é usar mais os batons rsrsrs bjus

  20. Manuela Melo comentou:

    hahahahahahahaha….. sou do tipo: “A que compra pensando na festa que ainda não existe”
    Comprei ha um ano um vestido cinza de lurex, simplesmente porque achei que poderia precisar em algum evento sofisticado.Ta empacotado do mesmo jeito que chegou. :S

    Vamos “juntas” aprendendo, neam???

    obrigada por nos lembrar disso. Vez e outra precisamos desse toque, mesmo sabendo.

    beijocas.

  21. Bel comentou:

    Ai, que post ótimo! Eu sempre fui assim, só que ao contrário. Não guardo nada! Usei brilho de dia quando não era tendência. Meus vestidos de festa são todos usáveis em outras ocasiões e roupa de Ano Novo pra mim é aquela que eu vou usar meses depois. Ser livre é uma das principais regras de moda – que não é bem uma regra, é um conselho – que existe.

    http://nacasadabel.wordpress.com/

  22. Viviane Moreira comentou:

    Putz! Agora vc falou pra mim!!!!!! Cara essa pessoa ai era eu, acho que ainda sou eu de certa forma…. eu viva fazendo isso! Putz…. tenho ainda, claro, guardados aquele sapato especial, pra aquele evento especial… um vestido também tenho…. enfim, essa pessoa ai do texto ainda sou eu!
    E me de licença que agora eu vou falar!!! 😛 hahaha 😛
    Sério! Tenho uma história pra contar, da época da faculdade, eu comprei um sapato maravilhoso, diferente…. e pensei: Vai ser pra uma festa! Tá! Guardei o sapato…. as festas apareceram…. e nada era a altura daquele sapato, então ele não saia da caixa. Vez ou outra eu abria a caixa, colocava no pé… cheirava o sapato (sou dessas! 😛 ) e guardava de novo.
    Um dia uma amiga, que morava comigo me disse: Vivi te empresto esse vestido ( um que eu paquerava), mas só se vc usar com aquele sapato “bibelou” (é! o sapato ganhara fama e apelido!) hahaha E eu topei! Usei ele!!! Foi um sucesso! Maaaasss depois disso voltou pra caixa o bonitinho… e por lá ficou por 10 anos!!! Sim!!! Não duvide de mim! 😛
    Nessa década (hahahaha) lembrei dele e pensei, ta na hora de usar essa lindeza… coloquei e fui pro niver de uma amiga, como era perto fui a pé. Curti a festa. Voltando pra casa, a pé de novo, senti como se pisasse em areia…. quando cheguei em casa….. o meu lindo sapato desmanchado… tipo o salto afundou, descolou…. enfim um sapato novo em cacos!
    A Lição disso? Caracoles… um sapato que não ganhou vida! Triste!!! hahahahaha…. Tô tentando não fazer mais isso! 😛 Mas que ainda tenho sapato e roupa novas …. aaahhh eu confesso: EU TENHO! 😛
    E quem quiser ver foto eu mostro! Afinal eu ainda tenho ele…. só não mandei arrumar… sempre falta grana… hahahaha 😛

    1. Ana Carolina respondeu Viviane Moreira

      Menina, sapato é o item que mais estraga se você não usar! Ele se desintegra todo! Eu tenho uma história parecida com um, hehehe

    2. Fabricia Pinho respondeu Viviane Moreira

      Viviane Moreira, sei que esse post é antigo, mas só conheci o blog da Ana (por sinal, interessantíssimo) hoje, então, só estou podendo comentar o seu comentário agora. Menina, você é hilária. Adorei seu comentário, achei super pertinente! E escrito de uma maneira formidável!

  23. Fatima Neves comentou:

    Amei, amei, amei Ana, é isso aí eu tbm penso da mesma forma, pra mim todos os dias são especiais, eu quase não saio, não sou baladeira assim como vc, então se eu quiser andar arrumadinha vai ter que ser para trabalhar mesmo e até mesmo pra ficar em casa, vamos ser felizes,,,por isso adoro seu Blog, vc é real, Bjs

  24. Fabiola comentou:

    Oi, Ana!
    Preciso urgentemente aprender essa lição, curtir as coisas que compro esperando um tal dia não sei quando, tanto roupas, sapatos e makes como louças ou lençóis “especiais”.
    Especial deve ser cada dia da nossa vida, vc está certa, mas que dificuldade tenho em me lembrar dessa lição!
    Beijocas mis com muito carinho,

  25. magah santana comentou:

    Ana vc escreveu esse texto pensando em mim? Passei parte da minha adolescência tendo que cuidar bem das minhas roupas já que eram poucas e nem sempre podia estar comprado novas peças. Já adulta e com uma situação financeira melhor comprava mais peças as quais esperava a ocasião para usar e esta nunca vinha. Perdi diversas peças e sapatos assim. Estou tentando libertar-me desse apego e usar tudo o que tenho e de diversas formas. Semelhante a vc saio pouco para baladas então capricho no look de trabalho da ida a casa de amigos ou para ir ao mercado. Bjinhos.

    1. Ana Carolina respondeu magah santana

      Magah, eu também era assim. Não tinha grana, comprava minhas roupas no maior sacrifício e queria que elas durassem mais. Só que roupa e principalmente sapato, quando guardados muito tempo, estragam…e aí a gente perde a oportunidade de ter sido feliz com eles. 🙂

  26. Juliana comentou:

    Muito bom esse texto. Esses dias eu estava falando com uma amiga sobre as roupas mais arrumadinhas que tenho e que nunca uso. Eu sou uma pessoa muito simples. Meus passeios são ir no shopping, ir na Redenção, Gasômetro (Porto Alegre), ir em pizzarias… Tudo muito básico. E dai aquelas roupas mais arrumadinhas acabam quase não sendo usadas pq parecem meio fora de contexto (com o local). Então eu e minha amiga estávamos falando sobre mudar esse pensamento de tudo muito básico e usar sim o que temos, afinal não é nada tão exagerado assim.

  27. Carla Mendes comentou:

    ….e eu cresci o olho nessa super jaqueta, misericórdia, hahahaha

    1. Ana Carolina respondeu Carla Mendes

      huahuahuahua ALOKA. Eu também cresci o olho, rs

  28. Ariana comentou:

    Muito pertinente o texto e as divagações. Eu não sou assim não, claro que vez ou outra já comprei “aquele” vestido esperando uma ocasião ainda por vir. Mas é raro eu conseguir deixar uma peça enfeitando o guarda-roupas, já fico louca pra usar logo que a tenho. Claro que nem sempre é possível, pois, com as compras on-line, às vezes, quando uma peça chega, o tempo já não está mais propício pra usar. Aí fico esperando qualquer brechinha climática pra conseguir estrear. Até me enchem o saco às vezes por eu estar “super produzida” pra determinado evento. Na verdade, é só a minha criatividade de inventar combinações com o que tenho, me deixem ser feliz!

  29. Paula comentou:

    Oi Ana…
    Bom eu como mtas meninas leitoras, eramos assim tbm… Mas tó tentando a cada dia usar tudo o que eu tenho no guarda-roupa.. brincar com a moda sabe! Usar de outros jeitos e formas diferentes…
    E quando as pessoas(principalmente a minha irmã)me diz que eu estou chique demais pra um algum lugar,ou a igreja qdo tem poucas pessoas.. eu respondo: I dai, só por isso eu tenho que ir vestida básica? hahah
    Eu acho que nós podemos ser chiques ou ir mais arrumadas a QUALQUER LUGAR SIM, PORQUE NÃO? SOMOS MULHERES NASCEMOS PRA BRILHAR! ALOKA kkkkkkk

  30. Soraya comentou:

    Perfeito, Ana! Isso vale pra tudo, né? Aqueles copos de cristal (lindos) que estão aguardando uma visita especial, a louça bonita que a gente não põe “pra bater”, a melhor roupa de cama e o sapato bapho… A gente gosts e compra coisas bonitas e entoca todas para usar as que são menos bonitas. Aí a vida toda acaba ficando “menos” também. Bora botar tudo pra jogo!

  31. Michelly comentou:

    O melhor post de todos os tempos!!!

  32. Ana comentou:

    Nossa, que post maravilhoso! Faz cada uma repensar a vida, a vida mesmo. Brigada Ana

  33. Vivianne Costa comentou:

    Nossa Ana,disse tudo!!Eu amo roupa nova….qdo tenho uma peca se usar….uso ate para ir ao mercado,so para ter o gostinho de usar a roupa nova!!

  34. Marcela comentou:

    Identifico-me intensamente com isso! Sou de economizar roupas também, mas venho substituindo isso por outro lema que venho tentando implementar na minha vida: “a vida é muito curta pra economizar looks!” beijo!

  35. Tatiane comentou:

    Oi Ana! Perfeito o texto! Assim como outras meninas, quando era mais nova e comprava roupas raramente, aprendi a guardá-las para ocasiões especiais. Agora com uma situação financeira um pouco melhor e, comprando mais, estou tendo muita dificuldade para desapegar, tirar as roupas novas do armário e usaaar!! Estou começando a mudar esse comportamento pois, como diria uma amiga elegantérrima que tenho: “Se eu morrer, não vou deixar minhas roupas aqui para outras mulheres usarem!”kkkk beijo