Guia de brechós em Portugal

Como prometi, listei alguns dos brechós/vintage que visitei em Portugal. Eu só tinha um no roteiro e alguns no Porto, mas andando pelas ruas você esbarra por vários nos trajetos, é impressionante como se encontra muitas lojas vintage em Lisboa e Porto.

Mas nem tudo são flores: não são exatamente baratinhos. Os preços regulam na faixa dos 30, 40 euros, algumas peças de seda tipo quimonos custavam 90 euros. Caro, porque não conseguia olhar sem converter, hahaha! Por conta da mala de mão e desse fator, eu trouxe uma parka de seda e um vestido de tricô, que dei sorte de encontrar num vintage que estava na onda dos saldos e liquidando várias peças pela metade do preço: ele saiu a 11 euros e eu usei ambos durante a viagem mesmo!

Mas vale muito garimpar, a variedade e curadoria é muito boa, dificilmente vi peças muito avariadas expostas. Muitos, mas muitos casacos, jaquetas grandonas esportivas (que parece que estão na moda), roupas em seda e cashemere, muita jaqueta de couro. Eu trouxe também o óculos espelhado que usei nos looks (10 euros) e uma touca de tricô azul!

Garimpando, dá pra encontrar muita peça de grife e também algumas belezuras antiguinhas em bom estado. Igor deu mais sorte do que eu e conseguiu descolar muita coisa boa e barata, a 4 euros! Aí embaixo tem a dica também e é um projeto social incrível do país. Aliás, praticamente todos os que fomos tinham um vasto acervo para roupas de ambos os gêneros. E, vão por mim: separem um tempinho para eles.

Ah, e todas abrem também aos sábados até à noite!

LISBOA

Estes são os que visitei na capital lusitana. Eu fui em mais alguns, mas confesso que alguns poucos eu esqueci de anotar o endereço, bem naquela de turistando, entrar e sair para correr pra outro ponto turístico…dei mole. 🙁 De qualquer maneira, tem este link do Google com mais uma lista para quem quiser saber mais e desbravar outros espaços!

brechos-portugal-ana-soares-2
A outra face da lua, em Lisboa
A Outra Face da Lua

 R. Assunção 22, 1100-044 Lisboa, Portugal

O mais famoso, com um dos maiores acervos e o mais descolado também de Lisboa! A decoração é incrível, a trilha sonora, maravilhosa (aliás, justiça seja feita: em todos a playlist era incrível!), com muitas peças vintage, kimonos de seda, casacos, paetês bordados, camisas esportivas, uma variedade infinita de itens. O atendimento foi muito bom, com vendedoras atenciosas e simpáticas, depois até batemos um papo com os donos. Nesse que comprei a parka de seda, paguei 40 euros.

brechos-portugal-ana-soares

Ás de Espadas

Calçada do Carmo 42, 1200-091 Lisboa, Portugal

Foi nesse que eu comprei o vestido de tricô verde! Com uma pegada mais vintage, estava todo em saldos quando fomos. É bem mais vintage, com garimpos antigos, variedade enorme e tudo bem setorizado, só um pouco mais amontoado e com iluminação meio obscura, hahah.

brechos-portugal-ana-soares-3

Retro City Lisboa | Vintage Shop

R. Maria Andrade 43, 1170-215 Lisboa, Portugal

Passamos por esse, mas não lembro muito bem do acervo. De qualquer maneira, eu achei o nível dos brechós lisboetas MUITO bom, então acredito que valha a pena incluir na lista e conhecer com seus próprios olhos.

18425421_1859295047643554_2924864567252199926_n

Joker Man Vintage Store

Calçada do Carmo 59, 1200-092 Lisboa, Portugal

O Joker é o tal brechó de roupas masculinas. Super bem arrumado, com peças higienizadas e separadas cuidadosamente, tem desde jaquetas militares do início do século passado a peças esportivas. A variedade impressiona, com peças vintage a atuais e a loja é grande, com decoração contemporânea e bem iluminada.

brechos-portugal-ana-soares-5

Humana

Com mais de 10 lojas espalhadas em Lisboa e no Porto (veja os endereços aqui), a Humana tem um projeto social muito conhecido e, quando fomos, estavam nos saldos e Igor comprou muita coisa a 4 euros cada. A variedade é grande, tem de tudo para todos os gostos e estilos, mas as lojas são mais simples, dispoem de provador e também é preciso garimpar com mais afinco, e apesar da setorização das peças, não é exatamente super organizado. As roupas são provenientes de contêiners espalhados pela cidade e são doações voluntárias da população.

misc160

“A Humana é uma associação sem fins lucrativos que, desde 1998, trabalha a favor da proteção do meio ambiente através da reutilização têxtil e realiza tanto programas de cooperação para o desenvolvimento em Moçambique e na Guiné-Bissau como de apoio local em Portugal. O objetivo é dar uma segunda vida à roupa e favorecer o modelo de economia circular. Através da reutilização transformamos um resíduo num recurso. A Humana promove a reutilização da roupa usada através das lojas de moda secondhand.”

humsns

Porto

No Porto não foi muito diferente de Lisboa: ótimos brechós para visitar e todos eram muito legais. 🙂 Só atentem que muitas lojas fecham pro almoço e costumam retornar às 14h.

Mon pere Vintage

Rua da Conceição 80, Porto/Portugal.

Sabe esse estilo de se vestir dos anos 80 de um jeito mais atual? Pois esse brechó te dará todas as ferramentas para. Tem jaquetas, casacos corta vento, peças vintage, calças de cintura alta, casacões e até macacões operários (!). A loja é enorme e incrível, com uma decoração maravilhosa!

brechos-portugal-ana-soares-porto-2

Ornitorrinco

Rua da Assunção, 7, Porto/Portugal

Ao ladinho da torre dos Clérigos, a especialidade é roupa dos anos 80, com preços bons e uma curadoria bacana, com uma boa seleção masculina.

brechos-portugal-ana-soares-porto

Mão Esquerda Vintage

Rua da Alegria, nº5, 4000-041 Porto, Portugal

Foi um dos acervos que eu mais gostei no Porto, com roupas mais descoladas e até vintage asiáticos, com uma decoração mais contemporânea.

brechos-portugal-ana-soares-6

brechos-portugal-ana-soares-porto-3

Eu ADORO visitar brechós durante as viagens por me inspirarem no meu trabalho e também por serem opções mais criativas e para quem quer  roupas realmente interessantes e de boa qualidade, o que não vejo tanto nas fast fashions famosas das zoropa!

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

4 comentários

  1. BIANCA BEATRICE NOBREGA MANCIO comentou:

    Só consegui olhar pro casaco roxo da penúltima foto.
    100% inverno brilhante.
    Como é triste o amor separado por um oceano.

  2. Thais comentou:

    Ai Ana, estou indo para Portugal pela primeira vez em junho, e tudo o que você tem postado estou anotando!

    Sempre tive uma cisma, má impressão de brechós, mas de tanto ler sobre o desperdício que você tanto fala aqui no blogue, estou disposta a me melhorar, a comprar cada vez menos (nunca mais comprei tecido sintético!), e reaproveitar ao máximo.

    Você acha que seria uma boa ideia levar as minhas roupas para deixar no contêiner lá, já que existe esse projeto bacana? Porque tentei olhar na Renner, como você comentou em outro post, mas penso que aqui na perto da minha casa, eles não coletam não…

    Beijos e boa semana! Adoro seu instagram mas sou antiga e AMO o blogue! E se visitar o meu, morrerei de feliz hahaha

    https://melhorqueperfeito.com.br

  3. Bruna Lemes comentou:

    Que conteúdo top! Salvei no meu pinterest para o dia que eu tiver o privilégio de conhecer os confins ibéricos.

  4. Fatima moraes comentou:

    Não consegui achar a loja humanas,encontrei a face da lua,mas não gostei dos preços para os produtos apresentados.