Sobre fibras e manutenção das roupas

Ao aprender em 2012 a importância de ler as etiquetas internas das roupas para ver composição e manutenção, minha vida mudou, hehe. Antes eu acreditava piamente quando me diziam nas lojas que era seda, aí chegava em casa e descobria casualmente que na verdade era poliéster imitando toque de seda.

Não tem problema querer comprar tecidos sintéticos/não-naturais, mas é importante termos a consciência na hora de fazer as escolhas, para saber se aquele material atende às suas expectativas, se vai ser coerente com o clima da sua cidade, se é de fácil manutenção – ou você vai dar conta de gastar com lavanderia só pra ter uma peça de seda? Tudo isso tem que ser levado em conta na hora das compras!

A Larissa, leitora do blog, gentilmente me mandou o link de uma cartilha têxtil do Inmetro sobre composição, cuidados e tipos de fibras e achei que seria muito importante compartilhá-la aqui com vocês! Uma das páginas que eu salvei à parte foi essa sobre as vantagens e desvantagens de cada fibra =)

manual-tecidos-hojevouassimoff

Eu já fiz um post só sobre esses símbolos, mas vale a pena repetir a informação. Lembrando que o ideal não é retirar as etiquetas das roupas, para poder consultá-las sempre antes de levá-las para lavanderia ou de jogá-las na máquina; se retirar, guarde-as para saber a melhor forma de manter suas roupas como novas!

Essa referência também serve para saber se você dá conta de lavar aquela peça à mão ou se isso será um sacrifício, ou de calcular se vale a pena o investimento sabendo dos futuros gastos com lavagens à seco.

manual-tecidos-hojevouassimoff-2

As imagens foram retiradas da cartilha do Inmetro. Quem quiser pode fazer download da sua cartilha nesse link!

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus: