Inspirações e expirações

Ana veste:

Vestido Leeloo (na parte off!) – 110,00
Casaqueto Maria Bonita Extra para C&A – 129,90
Colar da Feira da Afonso Pena (BH) – 12,00
Bolsa Patachou no bazar Praticando o desapego (BH) – 120,00
Sapatilha Imporium – 100,00

fotos: Paulo Neumann

Eu tinha um vestido que estava meio apertado e resolvi ir na loja trocar – esse foi um dos que o substituiu nessa troca. No início achei meio cara de vovó e por isso nem queria experimentá-lo, mas depois fui digerindo, provei e fiquei apaixonada por ele. Que bom que resolvi abrir a cabeça, sem ficar acimentada apenas àqueles conceitos que estamos habituados. Eu percebo que gostamos muito de buscar inspirações. Inspiração em looks, em artistas, nas cores, nas ideias, em projetos, em causas. Ouço e leio muitas vezes “você me inspirou”. E, apesar de ser também uma observadora do meu blog (sim, avalio meus looks aos postá-los aqui) eu sempre digo que não quero inspirar somente looks – mas atitudes. E, por experiência própria, eu digo pra vocês: gosto da inspiração, mas vamos praticar a expiração! Vamos botar pra fora, na prática mesmo, tudo que está na nossa cabeça?

Um detalhe te chamou atenção? Experimente e não se prive de buscar novas propostas. Não se encabule com o que vão achar e, principalmente, não imite! Vasculhe seu próprio armário em busca de reinvenções, atrás do seu estilo próprio, da sua marca registrada. Expire o sopro criativo – ele está dentro de cada uma que acompanha o blog, tenho certeza.

A gente só encontra nosso estilo testando, se divertindo, buscando o diferente – e podemos sempre nos surpreender. Vendo pra crer, pra saber se agrada, pra saber se combina. Sem vergonha da faceirice que ousamos exportar da pasta de inspirações que habita nossa cabeça. Pôr em prática, conjugando o verbo no presente. Esqueça o futuro do pretérito e perceba que, hoje mesmo, cada uma de nós pode ser uma voraz usuária do nosso armário, em busca das ideias escondidas entre tantos cabides.

Compartilhe nas redes sociais
pinterest: pinterest
tumblr:
google plus:

Comente pelo Facebook

Comentários pelo blog

33 comentários

    1. Ana Carolina respondeu Marília Corradi

      roxo, Marília! 🙂

  1. Thais comentou:

    Que coisa, eu ia justamente comentar dizendo que fiquei apaixonadíssima pelo vestido!!!! Já passei por isso tbm. Não tenho preconceito contra coisas q parecem da vovó, pelo contrário, gosto mto. Mas me lembrou mto a história de um vestido q tenho, comprado na loja de uma amiga. Fui visitar a loja durante meses, via todas as minhas amigas que me acompanhavam pirando no vestido, e não entendia oq viam nele. Achava horrível! Até que um dia, me deu os 5 minutos e pensei “vou experimentar essa droga pra tentar entender”. Resultado: é o meu vestido pra ocasiões especiais, hehehe…

    1. Ana Carolina respondeu Thais

      é sempre assim, Thais…eu tinha esse mesmo pensamento em relação a uma série de coisas! 🙂

    1. Ana Carolina respondeu Rafaella

      é mesmo, Rafa! Caraca! hahaha

  2. livia dias comentou:

    amei o vestido!!!! a minha cara ele com a sapatilha e só. (mas juro q to tentando coisas além)

    1. Ana Carolina respondeu livia dias

      tentar já é muuuito legal, Livia! 🙂

  3. alessandra comentou:

    muito lindo o seu vestido. Não tem cara de vó, só se for da minha, que é super prafrentex, como ela diz!!! bjs

  4. Bia Maia comentou:

    Eu vi a foto e pensei “credo, muito senhoril!”
    Mas sabia que sua explicação me faria entender. E não é que mudei de ideia? Quer dizer, ainda acho muito senhoril, mas entendi sua proposta e olhei diferente pro look. No fim das contas, o textinho inspirou mais que a própria foto 🙂

    1. Ana Carolina respondeu Bia Maia

      Bia, que legal a sua sinceridade! Pois é, não vou me vestir para agradar os outros…se fosse assim eu só usaria roupa que tá na moda! A gente precisa se agradar, mesmo que cause estranheza. Até pq quem vive de agradar os olhares alheios deve rebolar muito – pq não é fácil…

      Um beijão pra vc!

  5. anam comentou:

    oiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii Ana tudo bem?
    Amei o look, adorei a estampa,adorei seu texto, parece que voce esta falando isso para mim,pois eu amo moda,mas como sou mto timida, fico sempre com vergonha de usar as roupas que gosto do jeito que eu acho legal,fiquei super emocionada e parece que você leu meus pensamentos,mto obrigada pelas palavrs e prometo que vou mudar,pois a vida passa tao rapido e qdo a gente ver deixamos nossos sonhos,tudo para tras,um super beijo te amo da sua eterna seguidora e fâ.

    1. Ana Carolina respondeu anam

      Que bonito, Anam. Fico feliz, boa sorte! Beijão!

  6. Dani Cavalheiro comentou:

    Adorei o texto, é uma reflexão importante. Devemos usar a moda a nosso favor, pra não acabar virando vítima dela, e principalmente para não nos privarmos do que achamos bacana só pra não ficar “fora de moda”.
    Eu comprei dia desses um vestido na CeA que também tem esse ar mais vovó: magas do mesmo tamanho que as do seu, todo de botões na frente, um “plissadinho” (juro que não sei o nome daqueles detalhes) na altura do busto, decote redondinho. A única diferença é o comprimento, o meu deve ser uns 3 dedinhos mais curto.
    Vi na arara, gostei da cor (um rosa que não sei o nome, mas ele é da cor daquele esmalte Pimenta Rosa, da Colorama), gostei do preço (R$ 29,90 que no caixa baixou pra R$ 19,90), decidi provar. Quando provei foi que percebi: ele é lindo! Ainda bem que deixei de preconceito e tentei, teria perdido uma roupa linda por um preço super amigo!

    Falando em inspirações e leitoras que se inspiram em você, eu me inspirei também: fui na Arezzo com uma amiga, e lá vi uma espadrille linda, textura de camurça, divina. Espadrille princesa, foi do que a vendedora chamou. Mas por 179 reais. Cento e oitenta fucking realidades é totalmente fora do meu orçamento. Como a amiga estava comprando, experimentei, babei, e deixei lá. Saindo do shopping, passei na porta de uma loja do Centrão (rs), e não é que vejo o clone da espadrille? Por 49,90! Há! Levei! rs
    Me lembrei na hora de você dando dica aqui no blog pra gente comprar as modinhas por um preço mais barato: eu queria uma coloridona na Arezzo, mas isso não combina mesmo comigo. Paguei baratinho, não vai durar, mas quando eu enjoar não vou me arrepender de ter dado tanto dinheiro em um sapato modinha.

    Beijos!

    1. Ana Carolina respondeu Dani Cavalheiro

      Dani, eu adorei seu depoimento. E vestido por 19,90! Espadrile por 49,90! Você pode dar aula de pechincha! 🙂 Aproveite bastante suas lindas escolhas. Beijão!

      1. Dani Cavalheiro respondeu Ana Carolina

        hahaha aula de pechincha a gente tem contigo aqui no blog, mulher!
        A espadrille foi numa loja do Centro, chama Stylus (nome breeeeega rs) e fica na Rua Sete de Setembro. A qualidade não é maravilhosa, mas faz uma vista. rs

        E ficou mesmo um depoimento, escrevi até demais. Mas não tem jeito, qd começo a escrever não consigo parar! rs

        Beijos!

        1. Ana Carolina respondeu Dani Cavalheiro

          Eu conheço a Stylus! Seeempre tem achados mega bacanas por lá!!

  7. Bel comentou:

    Que bonito isso que escrevestes. Descrevestes. Buscar a si desde dentro. Revirar-se criativamente, ampliar conceitos e expandir expressões. Identidades são subjetivas e colhidas depois de tempos de plantios. Nada como o tempo que tudo amadurece! Amei o vestido ….. Adoro ver o quanto exercitas a coerência.
    Um beijo.

  8. Lual comentou:

    arrasou! mulher de atitude tá aí!

  9. Ester Corrone comentou:

    Achei lindo o look. Super fofo.
    Mas eu gostei mais com casaquinho, achei melhor.
    E também, concordo plenamente com o que você falou Ana, cada um deve expressar o que é pelo que veste. Isso é muito bom! 🙂

  10. Gabi comentou:

    Gatona dá uma olhada no http://www.movimentogotadagua.com.br se vc achar interessante e puder divulga aí um beijão e todo dia eu entro no seu site é a minha cachaça!!! Te adoro!

  11. Juliana, RS comentou:

    Vestido lindo, super me identifiquei com ele… porque acho que está mais pro meu estilo que pro teu, hahahah!!
    beijo, boa semana!

  12. Consuelo comentou:

    Eu vi esse vestido, me apaixonei pela estampa, mas não consegui me encontrar nele. E não comprei. Foi engraçado ver seu post hj e pensar nisso. Eu tive as mesmas dúvidas. Mas em vc ficou ótimo. Quem sabe volto lá e experimento de novo? kkkkkkk Boa semana pra vc.

  13. É isso mesmo Ana. Expiração.
    Justamente o que me falta, talvez não por falha minha. Não é o medo de ousar, do novo. A grana já é tão curta, só penso que se eu comprar algo muito diferente não vai acabar sendo um “comprei e nunca usei (e nunca usarei)” pra mim, como já aconteceu.
    Tenho medo, sei lá.
    É algo que ainda estou trabalhando em mim.

  14. Vanessa comentou:

    Você tava inspirada nesse dia do post!
    obrigada por nos enriquecer com suas dicas criativas e que com elas você esta fazendo um bem pra muita gente que ama moda, assim como eu!

    😀
    Bjoss, Vanessa.

  15. GIANE comentou:

    ameiii o casaqueto lindo!!!!!!